2 de dezembro de 2023
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 11,1GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 24,7GW

Antigo aterro sanitário no RJ receberá instalação de usina solar de 5 MW

Sistema abastecerá imóveis públicos, gerando economia anual de aproximadamente R$ 2 milhões para o município

Autor: 14 de julho de 2023julho 17th, 2023Projetos
3 minutos de leitura
Antigo aterro sanitário no RJ receberá instalação de usina solar de 5 MW

No total, serão mais de 11 mil módulos fotovoltaicos instalados. Foto: Freepik

A Prefeitura do Rio de Janeiro anunciou, nesta quinta-feira (13), o vencedor da licitação da PPP (Parceria Público-Privada) do Solário Carioca – projeto de instalação de usina solar no antigo aterro sanitário, localizado no bairro Santa Cruz.

Participaram da licitação duas empresas, e o grupo vencedor foi o Consórcio Rio Solar, com o lance de 20,5% de desconto sobre a tarifa vigente da Light.

O sistema fotovoltaico, que terá 5 MW, ocupará o terreno do aterro, atualmente desativado, e abastecerá imóveis públicos, gerando economia anual de pelo menos R$ 2 milhões para o município. A estimativa é que a energia gerada abasteça cerca de 45 escolas municipais ou 15 UPAs (Unidades de Pronto Atendimento).

De acordo com a Pasta, o investimento privado será de R$ 45 milhões em um período de 25 anos. Serão mais de 11 mil painéis que devem ser instalados em 1 ano após assinatura do contrato – prevista para agosto. A Prefeitura já mapeou ao menos mais quatro outras áreas para implantação de outras plantas do tipo na cidade.

Lucas Costa, diretor de estruturação de projetos da CCPar (Companhia Carioca de Parcerias e Investimentos), explica que o projeto é um novo marco na transição energética da cidade.

“É um projeto em que o município ganha em diversas frentes: primeiro, pela produção e utilização de energia limpa e renovável pela Prefeitura; depois, pela redução de custos significativa, viabilizando direcionar estes recursos poupados para outras políticas públicas; e finalmente, por dar uma destinação sustentável a um antigo aterro sanitário, um terreno inutilizado pelo uso anterior”, disse.

Segundo Jean Caris, subsecretário de Planejamento e Acompanhamento de Resultados, da Secretaria Municipal de Fazenda e Planejamento, com a licitação concluída, a cidade avança em mais uma etapa do projeto, que está previsto no Plano de Desenvolvimento Sustentável e Ação Climática e no Plano Estratégico 2021-2024.

Sobre o Solário Carioca

O Solário Carioca é um projeto que contou com a coordenação do Escritório de Planejamento da Fazenda desde a fase de aplicação inicial e que agora está sendo implementado pela CCPar, contribuindo para que o município neutralize suas emissões de gases de efeito estufa e promova novos empregos verdes.

A iniciativa trará ainda um grande impacto financeiro na redução de gastos com pagamento de contas de energia. O projeto foi estruturado em parceria com o grupo C40 cities e a agência alemã GIZ pelo programa CFF – Cities Finance Facility. A expectativa é retirar pelo menos 40 mil toneladas de carbono por ano da atmosfera com a implantação do Solário Carioca.

Mateus Badra

Mateus Badra

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.