4 de março de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,9GW

Solis apresenta nova geração de inversores residenciais

Produtos da nova série suportam maior corrente de entrada e possuem design mais leve

Autor: 18 de abril de 2023Intersolar Summit 2023
4 minutos de leitura
Solis apresenta nova geração de inversores residenciais

Corrente de entrada máxima por string do inversor é de 16 A. Foto: Reprodução

A Solis anunciou que está presente na Intersolar Summit Brasil Nordeste, que acontece nesta terça-feira (18)  e no dia 19, no Centro de Eventos do Ceará, localizado na cidade de Fortaleza.

Durante o evento, irão apresentar a última geração de inversores residenciais da empresa, a S6-GR1P(2.5-6)K-S. Esta série de produtos suporta maior corrente de entrada do módulo fotovoltaico e, ao mesmo tempo, apresenta um novo design, mais leve, sendo também integrado à proteção AFCI.

“O sistema de energia na região Nordeste do Brasil é muito complexo, e os inversores são obrigados a ter uma maior capacidade de resistir a choques na rede. Para se adaptar perfeitamente a isso, nossa linha de produtos também suporta ajustes remotos de parâmetros”, explicou Desheng Lei, Country Manager Brasil da Solis.

A companhia também irá lançar no Brasil produtos para usinas e complexos industriais e comerciais. Para o mercado C&I, os produtos de 10 kW a 110 kW suportam painéis de maior potência (acima de 600 W).

Para escala de utilidades, serão apresentados novos modelos acima de 255 kW. “Além disso, lançaremos nossa última geração de produtos de armazenamento de energia fotovoltaica, incluindo armazenamento fora da rede e produtos conectados à rede (híbridos)”, contou o executivo.

Sobre a Solis

Presente no Brasil desde 2012, a Solis fornece mais de 40 modelos de inversores string (de 700 W a 255 kW) e os produtos de armazenamento de energia (baterias) comercializados no país já ultrapassam 4 GW de potência instalada.

Cada região possui suas próprias políticas e requisitos, como tensões diferentes. Por isso, a companhia afirmou que se adaptou para atender a estas divergências. A faixa de voltagem dos produtos inclui 127 V, 220 V, 380 V, 480 V, 600 V e 800 V.

“Somos uma das primeiras empresas a fornecer produtos trifásicos de baixa tensão 220 V no Brasil, com soluções de produtos que variam de 15 kW a 75 kW. Ao mesmo tempo, nossa solução EPM também pode atender aos requisitos de projetos especiais do Brasil”, ressaltou Lei.

“Nossas usinas de 125 kW e 250 kW também são populares entre os clientes brasileiros porque os produtos suportam uma taxa de sobrecarga mais alta”, acrescentou.

Mercado de energia solar no Brasil

O mercado brasileiro oferece uma série de vantagens para a utilização da energia solar, como a presença de sol o ano inteiro e o desejo de economizar na conta de luz investindo em energia sustentável. No país, o setor está se desenvolvendo muito rápido, com uma taxa média de crescimento anual superior a 40%.

No entanto, Desheng Lei esclareceu que existem alguns desafios: “Principalmente envolvendo padrões e certificação de produtos, condições e regras para conexão à rede, entre outros”.

“A Solis tem uma vasta experiência em desenvolvimento fotovoltaico no mercado global e pode fornecer soluções de aplicação para diferentes cenários. Por isso, continuamos cheios de confiança no segmento brasileiro como um todo”, relatou.

Para atender o mercado no Brasil, a companhia estabeleceu seis pontos de atendimento, cobrindo todo o território, além de um centro de manutenção em Campinas (SP), para ajudar os clientes a resolver problemas de pós-venda com mais rapidez e baixo custo.

Com o objetivo de ajudar na pesquisa e desenvolvimento, testes e certificações no campo da energia fotovoltaica no país, a Solis também estabeleceu relações de cooperação com muitas instituições de pesquisa científica e universidades, incluindo Unicamp e UFSC.

“A curto prazo, nosso objetivo é fornecer aos clientes produtos e serviços de alta qualidade e excelência. No longo prazo e de uma perspectiva energética global, nosso objetivo é fornecer energia renovável independente, limpa e confiável para nossos clientes brasileiros”, conclui o executivo da Solis.

Mateus Badra

Mateus Badra

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020. Atualmente, é Analista de Comunicação Sênior do Canal Solar e possui experiência na cobertura de eventos internacionais.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.