28 de janeiro de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 4.63GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 8,83GW

Tarifa solar mais baixa do mundo é registrada em Portugal

Nós estamos a caminho de chegar em 2030 com 80% da energia que consumimos

Autor: 1 de setembro de 2020outubro 3rd, 2020Mundo
Tarifa solar mais baixa do mundo é registrada em Portugal

O último leilão para contratos e operação de novas usinas solares em Portugal registrou um preço recorde de US$ 0,0131 / kWh. Segundo o governo português, é a menor oferta do mundo para um projeto fotovoltaico de grande escala.

O recorde anterior, de US$ 0,0135 / kWh, era do projeto Al Dhafra em Abu Dhabi em abril. Ainda segundo o governo, a tarifa registrada neste mês no país é cerca de 25% inferior à proposta mais baixa apresentada no primeiro concurso fotovoltaico de Portugal no ano passado, que foi de 14,76 € / MWh (US$ 16,44, com base nas taxas de câmbio na época).

Dos 700 MW disponíveis para o leilão, 670 MW foram premiados, com a fabricante sul-coreana de painéis solares Hanwha Q Cells vencendo metade dos 12 lotes, arrematando 315 MW. Outros vencedores incluem a espanhola Iberdrola, o grupo Endesa, com um lote de projetos cada, e a alemã TAG Energy, com dois lotes.

“Nós estamos a caminho de chegar em 2030 com 80% da energia que consumimos produzida por fontes renováveis. Os leilões mostram que esse é um caminho claro e positivo de gerar ganhos para os consumidores”, disse João Pedro Matos Fernandes, ministro de Meio Ambiente de Portugal.

De acordo com João Galamba, secretário de Estado e da Energia de Portugal, os resultados mostram que o país está entre os mais competitivos do mundo em termos de energia solar. “O que aconteceu é histórico”, destacou.

O governo de Portugal afirmou que os leilões de energia fotovoltaica foram realizados para criar novas oportunidades de negócios e promover a redução do custo da eletricidade. Os contribuintes economizarão € 559 (US$ 665 ​​milhões) nos próximos 15 anos como resultado dos leilões.

WIN_banner_Canal_Solar01_02
Mateus Badra

Mateus Badra

Atuou como produtor, repórter e apresentador na Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro há mais de um ano, atuando nas editorias de Mercado e Tendências, Mobilidade Urbana, P&D e Equipamentos. Jornalista graduado pela PUC-Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.