21 de fevereiro de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,8GW

Usina solar abastece 90% das operações de empresa do ramo alimentício

Caldo Bom está avançando na utilização de renováveis para reduzir emissões de C02 em sua cadeia de produção

Autor: 25 de abril de 2023Projetos
2 minutos de leitura
Usina solar abastece 90% das operações de empresa do ramo alimentício

Fábrica da Caldo Bom, localizada no Paraná. Foto: Caldo Bom/Divulgação

A Caldo Bom, empresa paranaense do mercado de alimentação, anunciou que, desde janeiro de 2022, suas instalações e centros de distribuição passaram a utilizar fontes renováveis para o fornecimento de energia.

Por meio de uma parceria, a indústria alimentícia está utilizando uma usina solar, localizada em Campo Largo (PR), para abastecer 90% dos processos de fabricação.

“Nos últimos anos, temos como pilar estratégico da marca a sustentabilidade e estamos realizando ações em prol desse compromisso”, contou Alexandre Stival, CEO do Grupo Caldo Bom.

Segundo pesquisa realizada pela agência norte-americana Union + Webster, 87% da população brasileira prefere adquirir produtos e serviços de empresas sustentáveis.

Outro estudo, feito pela Opinion Box, aponta que 67% dos consumidores têm o hábito de pesquisar as práticas de ESG das companhias antes de realizar compras. Entre os respondentes, questões de sustentabilidade e ambientais são algumas das principais buscas feitas antes de fechar negócio.

Práticas sustentáveis da Caldo Bom

Desde 2018, a companhia é parceira do Instituto de Logística Reversa (ILOG) e possui o Selo “Nós Reciclamos”, conferido às empresas que se responsabilizam pela logística reversa de suas embalagens – uma garantia para quem cumpre todos os requisitos referentes à destinação de materiais recicláveis.

“Compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos e da logística reversa, é uma solução que envolve procedimentos de pós-venda ou pós-consumo, garantindo o reaproveitamento ou o descarte das embalagens”, ressaltou Stival.

O percentual de resíduos encaminhados para reciclagem pela empresa é de aproximadamente 70%. A mesma possui um plano de separação de resíduos, em que cada tipo de material é colocado separadamente.

Mateus Badra

Mateus Badra

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020. Atualmente, é Analista de Comunicação Sênior do Canal Solar e possui experiência na cobertura de eventos internacionais.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.