4 de março de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,9GW

2022, um ano de expansão para o mercado fotovoltaico

Os pontos a destacar e o que merece atenção para que o setor continue se mantendo saudável e em constante crescimento

Autor: 27 de dezembro de 2022dezembro 29th, 2022Opinião
3 minutos de leitura

Quando 2022 começou, estávamos comemorando o crescimento do mercado de energia solar fotovoltaico no ano anterior. Com a aprovação da Lei 14.300/2022, a expectativa era de um novo ano de forte expansão, o que realmente se comprovou.

Só teremos os números oficiais no começo de 2023, mas provavelmente fecharemos com uma potência adicionada em Geração Distribuída na casa de 7,7 GW–frente aos 4,6 GW de 2021, estamos falando em quase 70% de crescimento ano sobre ano. Superamos os desafios com a logística internacional, os preços de frete as flutuações cambiais.

Agora essas questões estão funcionando bem e os preços voltaram aos patamares pré-pandemia. Neste ano, os fornecedores de módulos fotovoltaicos se prepararam melhor para a demanda e não estamos enfrentando atrasos, assim como também não temos observado uma correria do mercado chinês para a aquisição de usinas fotovoltaicas de grande porte. São boas notícias, e um alívio para o setor como um todo no Brasil.

Enquanto em 2021 acompanhamos um amadurecimento dos profissionais e das empresas do setor, em 2022 demos passos para trás.

Observamos um acirramento da concorrência predatória, com empresas sem equipe nem suporte técnico, vimos também um volume de novos entrantes com módulos de baixa qualidade e números falsos de potência dos módulos, que em alguns casos chegam a ser 10% menores.

APsystems contrata Mariani Pereira e fortalece parceria com a Ecori no Brasil

Estamos buscando ações para combater essa prática, que atrapalha todo o setor e gera desconfiança no consumidor final, mas nossa experiência mostra que empresas desleais não têm vida longa e por isso nossa expectativa é de que o mercado se torne mais estável em 2023.

Aqui na Ecori Energia Solar, também expandimos de forma significativa em todos os setores residenciais, comerciais, agronegócio, etc.

Estivemos presentes em obras relevantes e investimos ainda mais na qualificação do setor, reforçando nosso compromisso com a segurança, um valor inegociável para nós, atuamos com o Corpo de Bombeiros do Distrito Federal e em outras regiões para capacitar profissionais na prevenção e no combate a incêndios com equipamentos fotovoltaicos, sobretudo em telhados.

Também realizamos dezenas de treinamentos para integradores pelo Brasil todo, lançamos a plataforma Ecori Plus e a certificação profissional Ecori, imprescindíveis para todo profissional que queira se qualificar ainda mais para atuar em nosso mercado. Que venha 2023!

Leandro Martins

Leandro Martins

Presidente da Ecori Energia Solar, com larga experiência, referência em energia solar fotovoltaica. Responsável pela popularização da tecnologia MLPE no Brasil, trazendo inicialmente a marca APsystems, e mais tarde, a SolarEdge para o país. Atua no mercado internacional desde 1996 em diversos segmentos e é formado em Comércio Exterior pela UNIBERO-SP.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.