26 de fevereiro de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,8GW

AXS Energia capta R$ 320 milhões para investir em geração solar

Empresa estima investir cerca de R$ 1,15 bilhão nos próximos anos

Autor: 22 de maio de 2023Mercado
2 minutos de leitura
AXS Energia capta R$ 320 milhões para investir em geração solar

Plano de negócio prevê projetos que somam 300 MWp. Foto: Pixabay

A AXS Energia, braço de geração distribuída do grupo Araxá, captou R$ 320 milhões por meio de oferta pública de debêntures, coordenada pelo Banco Modal. Segundo a empresa, os recursos serão investidos na expansão do portfólio de geração solar compartilhada.

O grupo já realizou investimentos em 19 usinas fotovoltaicas, com capacidade de entregar 65 MWp aos seus atuais 15 mil clientes distribuídos entre os estados de Minas Gerais, Paraná, Mato Grosso, São Paulo e Goiás.

Leia mais: Empresa investirá R$ 750 milhões em implantação de usinas em MG

A captação permitirá a realização de investimentos adicionais previsto no plano de negócio, que ainda prevê um valor total de capex R$1,15 bilhão para construção de 235 MWp em 77 usinas de geração solar distribuída que, adicionados aos R$ 350 milhões já investidos em 2022, totalizarão um investimento de R$1,5 bilhão para 300 MWp distribuídos em 96 usinas.

Para o futuro, a empresa mira seu crescimento na expansão da geração compartilhada (energia por assinatura) e em segmentos novos e sinérgicos aos negócios atuais. No foco da empresa estão: comercialização varejista de energia para clientes de alta e média tensão, armazenamento de energia, mobilidade elétrica e eficiência energética.

Wagner Freire

Wagner Freire

Wagner Freire é jornalista graduado pela FMU. Atuou como repórter no Jornal da Energia, Canal Energia e Agência Estado. Cobre o setor elétrico desde 2011. Possui experiência na cobertura de eventos, como leilões de energia, convenções, palestras, feiras, congressos e seminários.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.