1 de março de 2021
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 3,28GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 4,88 GW

Câmara de Vereadores de Ribeirão Preto poderá operar por meio da energia solar

Um ofício foi enviado à Secretária de Obras Públicas de Ribeirão Preto para solicitar a execução do projeto

Autor: 22 de janeiro de 2021Brasil
Câmara de Vereadores de Ribeirão Preto poderá operar por meio da energia solar

O presidente da Câmara Municipal de Ribeirão Preto (SP), Alessandro Maraca (MDB), propôs a implementação de energia solar no prédio legislativo.

A expectativa é que o uso da fonte solar traga economia para os cofres públicos, que teve custo de cerca de R$ 1,5 milhão com energia elétrica entre 2017- 2020.

De acordo com Maraca, um ofício foi enviado à Secretária de Obras Públicas de Ribeirão Preto para solicitar a execução do projeto.

“Solicitamos para a Prefeitura a execução do projeto, para nos apontar a tecnologia a ser utilizada, investimento necessário e economia que será gerada ao longo dos anos”, relatou o vereador.

Por ser um Ato Administrativo, o projeto de implantação de energia solar fotovoltaica no prédio do legislativo não precisa ir à votação em Plenário. Para ser colocada em prática, cabe à Mesa Diretora e Coordenadores da Casa de Leis decidirem a favor. 

Em entrevista ao Canal Solar, Maraca afirmou vereador pretende agilizar o processo na Câmara para obter informações sobre qual será o custo do investimento.

“Sinalizando a nossa responsabilidade com o erário, esta ação também será simbólica, porque manda um recado para o poder público. A Câmara será o primeiro prédio público na cidade com essa iniciativa”.

O parlamenta ainda propôs que a cidade adote outras medidas sustentáveis em sua gestão, como a redução do consumo de papel, politicas de consumo consciente, arborização e o aumento de áreas verdes.  

“Esta é só uma parte das nossas propostas de modernização da Câmara com responsabilidade socioambiental. Não posso adiantar todas por conta do planejamento que está sendo realizado e devemos entregar nas próximas semanas”, explicou Maraca.

“Esta é só uma parte das nossas propostas de modernização da Câmara com responsabilidade socioambiental. Não posso adiantar todas por conta do planejamento que está sendo realizado e devemos entregar nas próximas semanas”, afirma Maraca.

Giuliana Olivieri

Giuliana Olivieri

Jornalista com experiência em produção de programa de entrevistas, reportagens diárias e edição de áudio. Graduanda em Comunicação Social na PUC-Campinas.

Comentar