16 de agosto de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5,61GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 12,2W

Cedae abre chamamento para estudo de eficiência energética

Companhia busca reduzir gastos em até 40% com energia renovável nas quatro principais unidades de produção

Autor: 10 de setembro de 2021novembro 25th, 2021Chamada Pública
Cedae abre chamamento para estudo de eficiência energética

A expectativa é de gerar economia de até 40% nas quatro principais unidades de produção

Como um dos maiores custos da Cedae (Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro) hoje é o consumo de eletricidade, a companhia abriu um PMI (Procedimento de Manifestação de Interesse) para obter projeto de eficiência energética.

A expectativa é de gerar economia de até 40% nas quatro principais unidades de produção, grandes consumidoras de energia. Além de buscar reduzir gastos, otimizar a operação e contribuir para o tema da sustentabilidade ambiental ao propor o uso de energias de baixo carbono. 

“Com medidas como essa, pretendemos chegar a uma Cedae mais produtiva, mais segura, mais transparente e que respeita o meio ambiente”, comenta Leonardo Soares, diretor-presidente da Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro.

De acordo com o mapeamento realizado pela empresa, em dezembro do ano passado, as despesas com energia elétrica em quatro grandes unidades de produção da companhia mostra que as estações de tratamento Guandu e Laranjal, a captação de Imunana e a Elevatória do Lameirão consomem, juntas, cerca de R$ 43,77 milhões por mês.

Veja também: ENEL Goiás abre chamada pública de projetos para eficiência energética

Segundo estudos preliminares feitos pela empresa, a adoção de energias renováveis nas plantas da companhia pode trazer economia anual acumulada de R$ 2,4 bilhões a R$ 7,38 bilhões em até 25 anos. E dentre os impactos positivos desta medida aparecem benefícios ambientais da geração de energia limpa e resultados sociais da geração de empregos com a implantação e operação dos projetos.

Propostas apresentadas em 90 dias

Pelo PMI, concorrentes terão 90 dias para apresentar propostas para fazer o levantamento dos dados e pesquisas para estudar a viabilidade e desenhar a modelagem do projeto. As despesas com este processo seriam pagas pelo eventual vencedor de uma futura licitação, que pode ou não ser lançada pela Cedae.

Interessados em participar poderão entrar em contato com a comissão técnica constituída pela Cedae para solicitar esclarecimentos em até cinco dias úteis anteriores ao prazo de entrega do Requerimento de Autorização para a realização dos Estudos Técnicos, até as 18h, para o endereço eletrônico [email protected]com.br.

Outra opção é entregar o requerimento por escrito no edifício sede da companhia (Avenida Presidente Vargas n° 2655, Cidade Nova, Rio de Janeiro – RJ). A Companhia tem até dois dias úteis para fornecer resposta.

Mariana Zilli

Mariana Zilli

Atuou no Projor (Instituto para o Desenvolvimento do Jornalismo) na mediação e no mapeamento de veículos de imprensa em funcionamento. Possui experiência como assessora de imprensa e produtora de conteúdo para redes sociais.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.