27 de maio de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 4.99GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 10,7W

China: surto de Covid-19 segue causando atraso na entrega de mercadorias

Segundo informações da Port Trader, cerca de 300 mil contêineres estão parados nos portos de Shenzhen e Yantian 

Autor: 18 de junho de 2021Mundo
China: surto de Covid-19 segue causando atraso na entrega de mercadorias

O Aeroporto de Shenzhen, na China, apresentou novos casos de Covid-19 em seus funcionários e mais de 300 voos que transportavam mercadorias para outros países precisaram ser cancelados nesta semana. 

Segundo informações da empresa Port Trader, o surto da doença na região também tem causado atrasos nas entregas portuárias. Os navios estariam operando com um atraso de oito dias e causando congestionamentos. 

“Temos informações de que aproximadamente 300 mil contêineres estão parados nos portos de Shenzhen e Yantian aguardando a liberação das  autoridades locais”, explica Cleber Baldotto, gerente operacional da Port Trader. 

O atraso para entrega dos produtos há meses vem causando preocupação no mercado mundial, por causa do aumento das pressões inflacionárias. Há três semanas, uma reportagem do Canal Solar mostrou que as tarifas para transportar commodities nos navios que abastecem as indústrias ao redor do mundo estão nas alturas.

Leia também: Preço do frete marítimo terá aumento novamente em junho

De janeiro a maio deste ano, o preço do frete marítimo subiu mais de 30% e a expectativa do mercado é a de que o aumento continue ocorrendo. “A previsão de normalizar as operações no porto de Shenzhen é prevista somente para o mês que vem. Enquanto isso, vai continuar o congestionamento e o atraso”, frisou Baldotto.  

Incêndio 

Um incêndio atingiu o Porto de Xangai, na China, na noite desta quinta-feira (18), e obrigou as áreas portuárias do local a suspenderem as suas operações. O acidente acabou fazendo com que um dos maiores portos de contêineres do mundo precisasse ficar fechado para que as autoridades locais pudessem combater as chamas. 

O fogo foi contido em poucas horas e não há registros de feridos. A causa ainda será investigada. “Como esse incêndio já foi controlado. Ele não está causando impactos para o mercado”, destacou Baldotto.

Henrique Hein

Henrique Hein

Atuou como repórter no jornal Correio Popular e na Rádio Trianon. Possui experiência em produção de podcast, programas de rádio, entrevistas e elaboração de matérias jornalísticas. Acompanha o setor de energia solar fotovoltaica, cobrindo as editorias de Mercado e Tendências; Negócios e Empresas; Cases e Bastidores da Política.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.