26 de maio de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 4.99GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 10,7W

Copel Mercado Livre realiza leilão para compra de energia

Companhia abre chamada pública para empreendimentos de fontes solar e eólica

Autor: 6 de março de 2021Brasil
Copel Mercado Livre realiza leilão para compra de energia

A Copel Mercado Livre, subsidiária da Companhia Paranaense de Energia para comercialização de energia no ambiente de contratação livre, lançou na última semana uma chamada pública para comprar energia incentivada especial com 50% de desconto (TUSD/TUST) proveniente de empreendimentos de fontes solar e eólica.

De acordo com a empresa, o processo será feito em três etapas ao longo do ano de 2021 via plataforma eletrônica de negociação. O leilão da primeira fase será realizado no dia 8 de abril, e das fases 2 e 3, nos dias 1º de junho e 1º de agosto, respectivamente.

As propostas vencedoras da chamada pública resultarão na celebração de contratos de compra e venda de energia com a Copel Mercado Livre. Os contratos começam em 2023 (etapa 1) e 2024 (etapas 2 e 3) e terão duração de 15 anos.

Ainda segundo a companhia, os proponentes deverão ter potência injetada no sistema de transmissão / distribuição menor ou igual a 50 mil kW. Ademais, suas respectivas outorgas de autorização deverão prever o desconto de 50% de desconto na TUSD/TUST para todo o horizonte do contrato.Os interessados em participar da primeira fase deverão apresentar os documentos para habilitação até às 18h do próximo dia 24. Todos os requisitos necessários e as informações sobre o processo podem ser consultados no edital da chamada pública.

Mateus Badra

Mateus Badra

Atuou como produtor, repórter e apresentador na Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro há mais de dois anos, atuando nas editorias de Mercado e Tendências, Mobilidade Urbana, P&D e Equipamentos. Jornalista graduado pela PUC-Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.