25 de janeiro de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 4.63GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 8,81GW

Energia solar necessita de responsável técnico na área de engenharia elétrica

Além da parte de instalação do sistema de energia, existe a parte da engenharia civil

Autor: 16 de abril de 2020outubro 3rd, 2020Brasil
Energia solar necessita de responsável técnico na área de engenharia elétrica

A energia fotovoltaica tem sido um assunto cada vez mais falado, e está se tornando uma forma de geração de energia cada vez mais comum em empresas e em residências. No Brasil, por exemplo, essa fonte deve crescer até 2029 cerca de 500%.

Contudo, é importante saber que o desenvolvimento do projeto, a instalação e a manutenção desse sistema são trabalhos específicos dos profissionais habilitados na área de engenharia elétrica.

“É de suma importância a escolha de uma empresa especializada, com um responsável técnico registrado no respectivo conselho de classe. Tudo isso para que o cliente não tenha problemas com serviços mal-executados, profissionais trabalhando sem os devidos procedimentos de segurança e, principalmente, para o sistema instalado atender os parâmetros projetados com qualidade e rendimento esperados pelo cliente”, é o que afirma Ricardo Martins, engenheiro eletricista e conselheiro do CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia).

De acordo com Martins, caso o sistema fotovoltaico seja mal projetado e instalado, podem ocorrer diversos problemas, “tais como levantamento e remoção de placas com vendavais, telhados que não suportam o peso do sistema e desabam, curto-circuito por mau dimensionamento, placas e cabos derretendo, baixa geração de energia, sobrecarga dos componentes, risco de incêndio, entre outros problemas que podem surgir”, alerta.

Além da parte de instalação do sistema de energia, existe a parte da engenharia civil, pois a instalação deste material em telhados ou lajes exige a pesquisa detalhada do peso que a estrutura pode suportar. “Ao engenheiro eletricista cabe o estudo, dimensionamento, projeto e solicitação de aprovação junto à concessionária, conforme decisões normativas do Confea (Conselho Federal de Engenharia e Agronomia) e CREA. Já ao engenheiro civil cabe o estudo dos telhados e sistemas de fixação, garantindo a segurança da instalação”, esclarece Martins.

Fiscalização do CREA

Segundo o engenheiro, a geração FV é um pouco complexa de ser fiscalizada, tendo em vista que são serviços em sua maioria internos às edificações. Para que essa fiscalização seja eficaz, o CREA tem um plano anual, e no ano de 2020 as instalações de fontes renováveis estão em pauta.

“Essa fiscalização conta com os agentes fiscais do CREA. Mas uma das principais aliadas da fiscalização é a comunidade, onde ela pode pedir uma fiscalização em uma obra ou serviço que esteja sendo executado. Esse pedido pode ser feito em qualquer unidade do CREA, bastando ligar e passando as informações solicitadas. Pode-se também utilizar o aplicativo CREA-SP para denúncias e consultas de profissionais e empresas”, concluiu.

Mateus Badra

Mateus Badra

Atuou como produtor, repórter e apresentador na Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro há mais de um ano, atuando nas editorias de Mercado e Tendências, Mobilidade Urbana, P&D e Equipamentos. Jornalista graduado pela PUC-Campinas.

Um comentário

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.