Fixação de módulos FV sem parafuso com cabeça martelo

Outro problema frequentemente encontrado pelos instaladores é a necessidade de realizar emendas de trilhos

Quem trabalha com instalação de módulos fotovoltaicos já conhece a dificuldade que oferece o parafuso com cabeça martelo. O parafuso tem que ser encaixado na ranhura do trilho e girado (idealmente em 90 graus).

Em alguns casos, o giro não fica completo e a fixação acaba sendo precária sem que o instalador perceba. Essa instalação incorreta, causada pelo posicionamento incorreto da cabeça martelo, prejudica a robustez e a confiabilidade da fixação.

Outro problema frequentemente encontrado pelos instaladores é a necessidade de realizar emendas de trilhos. Normalmente, o sistema de emenda se baseia em um pedaço de trilho ou uma peça adicional que requer o uso de dois parafusos.

Emendar trilhos parece ser uma operação simples, mas quando se tem que realizar dezenas de emendas, com dezenas de parafusos, porcas e arruelas, a instalação pode se tornar difícil. Visando praticidade e segurança nas montagens a Spin desenvolveu um sistema de travamento por click que elimina completamente o uso de parafusos com cabeça martelo.

A figura abaixo ilustra o sistema que a Spin introduziu de forma pioneira no Brasil. Neste exemplo, a peça “L” de fixação é encaixada na ranhura lateral do trilho, já desenhada especificamente para essa finalidade. Quando o parafuso na base do “L” é apertado, a trava de fixação é pressionada para baixo, garantindo um encaixe perfeito por compressão.

Além disso, mesmo que pudéssemos suspeitar da confiabilidade desse encaixe, a trava de fixação não permite a movimentação do trilho no sentido vertical, o que é suficiente para garantir a segurança necessária na fixação dos módulos fotovoltaicos.

E se o trilho se movimentar horizontalmente? Ele pode soltar-se da trava? Não, isso não acontece. Depois de tudo montado, a trava fica comprimida contra o trilho para baixo, o que oferece uma fixação mais do que segura.

De novo, mesmo se pudéssemos suspeitar da qualidade desse encaixe, quando os módulos estiverem instalados o travamento será completo, pois os trilhos serão impedidos de movimentar-se na horizontal, qualquer que seja a direção.

Veja abaixo como funciona o sistema. O suporte com a fixação  é posicionado na base de apoio (Figura 1). Para encaixar e fazer o click o instalador pressiona levemente o “L” contra o trilho, sem a necessidade de qualquer ferramenta especial. Em seguida, o aperto pela parte superior do sistema comprime a trava para baixo e finaliza o travamento do trilho à peça “L” (Figura 2).

spin estruturas parafuso martelo canal solar 01Figura 1: A trava de fixação do suporte “L” é encaixada na ranhura do trilho, especialmente desenhada para essa finalidade

spin estruturas parafuso martelo canal solar 02Figura 2: O aperto do suporte “L” na base é finalizado, comprimindo a trava e garantindo a fixação do trilho

Uma vantagem muito interessante desse sistema é a facilidade na emenda dos trilhos, como vemos na figura abaixo. Quem já realizou emendas de trilhos em cima de um telhado sob sol escaldante sabe que estamos falando.

O problema da emenda se resolve facilmente com o sistema de fixação da Spin, bastando posicionar as emendas dos trilhos sobre o suporte. O suporte “L” visto neste exemplo (Figura 3) trava e mantém unidas as duas pontas do trilho, sem a necessidade de peças adicionais, parafusos e ferramentas. Tudo simples e rápido.

spin estruturas parafuso martelo canal solar 03Figura 3: Emenda de trilhos com o sistema de fixação da Spin

Vídeo

Imagem de Equipe de Engenharia do Canal Solar
Equipe de Engenharia do Canal Solar
Equipe de Engenharia do Canal Solar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal