17 de abril de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 13,1GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 28,5GW

Jinko recebe status de classificação AAA em ranking de bancabilidade

PV ModuleTech Bankability Ratings captura métricas financeiras e de fabricação dos principais fornecedores globais

Autor: 14 de abril de 2023Mundo
2 minutos de leitura
Jinko recebe status de classificação AAA em ranking de bancabilidade

Estande da Jinko Solar na Intersolar South America 2022. Foto: Reprodução

Na versão mais recente do relatório PV ModuleTech Bankability Ratings, que reuniu as métricas do primeiro trimestre deste ano, a Jinko Solar recebeu o status de classificação AAA.

O estudo, que é divulgado a cada três meses, captura as métricas financeiras e de fabricação dos principais fornecedores globais de módulos fotovoltaicos para montar uma análise de confiabilidade das empresas do setor.

“Para apoiar o status de liderança em tecnologia, a Jinko continua investindo pesadamente em pesquisa e desenvolvimento, dedicando 10 bilhões de RMB entre 2020 e 2022 a áreas que incluem tecnologia avançada de células e módulos e processos especiais”, destacou a fabricante.

“A nova classificação da companhia também destaca a posição como líder em tecnologia TOPCon tipo N, que tem sido o catalisador para inovação e atualização em toda a cadeia de suprimentos, desde equipamentos até materiais”, acrescentaram.

Jinko Solar alcança classificação AAA. Gráfico: PV-Tech Research

Jinko Solar alcança classificação AAA. Gráfico: PV-Tech Research

Desde que a tecnologia TOPCon tipo N entrou em produção em volume no primeiro trimestre de 2022, a companhia afirmou que entregou centenas de projetos em todo o mundo.

“Com base no bem-sucedido Tiger Neo, a Jinko aumentou a eficiência de produção em massa do produto para 23% em 2023, com o equipamento atingindo uma eficiência de 24% programada para 2024”, enfatizaram.

Envio de módulos

De acordo com seu relatório preliminar de 2022, a Jinko Solar enviou 44,5 GW de módulos, incluindo os TOPCon tipo N de 10 GW denominados Tiger Neo, com um aumento de 104,77% na receita e 158,21% de lucro líquido ano a ano.

“No primeiro trimestre do ano passado, nos tornamos a primeira empresa de energia solar do mundo a exceder a entrega de painéis de 100 GW cumulativamente e também a primeira a atingir o marco de remessa de módulos de 150 GW no segundo trimestre de 2023”, concluíram.

Sobre o estudo

Inicialmente, o PV ModuleTech Bankability Ratings começou a ser divulgado de maneira anual para o mercado a partir de 2013. No entanto, somente em 2015, que os levantamentos passaram a ser publicados de maneira trimestral.

Atualmente, é uma ferramenta consumida, sobretudo, por investidores, desenvolvedores e proprietários de ativos globais de sites fotovoltaicos. O documento também traz análises sobre outras questões, como a lucratividade e as tecnologias das fabricantes.

Mateus Badra

Mateus Badra

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020. Atualmente, é Analista de Comunicação Sênior do Canal Solar e possui experiência na cobertura de eventos internacionais.

Um comentário

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.