16 de agosto de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5,61GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 12,2W

Jinko apresenta detalhes da série de painéis bifaciais Tiger Neo

A série de painéis bifaciais Tiger Neo possuem potência de 590 W a 620 W

Autor: 3 de setembro de 2021Mundo
Jinko apresenta detalhes da série de painéis bifaciais Tiger Neo

A fabricante de painéis fotovoltaicos Jinko Solar lançou no mercado fotovoltaico seus módulos monocristalinos bifaciais TOPCon de 590 W a 620 W de potência, com eficiência que variam de 21,11% a 22,18%.

Segundo a empresa, a fabricação dos painéis foi iniciada no começo de 2021. Os módulos têm uma tensão máxima do sistema de 1500 V.

Para Hao Jin, CTO da Jinko Solar, a expectativa é que os módulos da série Tiger Neo, estejam disponíveis para o mercado fotovoltaico em breve.

“O módulo é feito com uma tira de solda circular para melhor ganho óptico. Sua bifacialidade de 80-85% é cerca de 5% -15% maior do que a dos produtos bifaciais convencionais do tipo P”, explica Jin.

Leia mais: Jinko Solar estabelece novo recorde de eficiência para célula tipo N

Ainda de acordo com a fabricante, a junção do baixo coeficiente de temperatura, baixa taxa de degradação e alta bifacialidade concedem uma eficiência energética de 3%, superior se comparado com módulos bifaciais do tipo P convencionais.

A empresa ainda destacou que o Tiger Neo é recomendado para projetos do serviço público em grande escala, mas também pode ser utilizado em telhados de qualquer tamanho. Além disso, a Jinko oferece 15 anos de garantia do produto e 30 anos de garantia de energia.

Giuliana Olivieri

Giuliana Olivieri

Atuou como produtora de programa de entrevista na Rádio Brasil Campinas, além de elaboração de reportagens diárias, edição de áudio e vídeo. Desde 2020, acompanha o mercado fotovoltaico, cobrindo a editoria de Mercado e Negócios. Graduanda em Jornalismo na PUC Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.