21 de abril de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 13,4GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 28,5GW

Loja da rede Chevrolet obtém economia de R$ 60 mil anuais com solar

Sistema, instalado na cidade de Santo André (SP), possui 415 módulos fotovoltaicos

Autor: 18 de abril de 2023Projetos
5 minutos de leitura
Loja da rede Chevrolet obtém economia de R$ 60 mil anuais com solar

Concessionária Chevrolet em Santo André (SP). Foto: Sunergia/Divulgação

A Vigorito Chevrolet – loja da rede de concessionárias de veículos da marca Chevrolet – localizada em Santo André (SP), está no caminho para zerar as emissões de CO2 com a instalação de uma usina solar.

De acordo com a Sunergia, empresa responsável pelo projeto e instalação, o empreendimento obteve uma economia de quase R$ 60 mil anuais com a construção de um sistema de 145,25 kWp.

O payback (retorno de investimento) estimado é de 6,9 anos. As obras iniciaram em julho de 2020 e foram concluídas em outubro do mesmo ano.

No total, foram utilizados 415 módulos fotovoltaicos, da fabricante alemã AE Solar, e três inversores (Sunny Tripower), limitando a potência máxima injetada em 115 kW, da também alemã SMA.

“Quando nós estudamos e fizemos uma análise imparcial das opções que o mercado oferece, e capacidade da empresa que fará a montagem do sistema, percebemos rapidamente a diferença de tecnologia e confiabilidade dos equipamentos e do instalador”, enfatizou Hermes Shincariol Junior, sócio-administrador do Grupo Vigorito.

Sistema com capacidade de instalada de 145,25 kWp na Vigorito Chevrolet. Foto: Sunergia/Divulgação

Sistema com capacidade de instalada de 145,25 kWp na Vigorito Chevrolet. Foto: Sunergia/Divulgação

Na visão do executivo, com essa dupla de soluções tecnológicas – da SMA e AE Solar, e a capacidade demonstrada nas trocas de informações entre a concessionária Chevrolet e a Sunergia – optaram por fechar o contrato e começar a obter a economia com a energia solar.

“Agora, após cerca de três anos de sistema instalado, podemos confirmar que a usina está de fato alinhada com todos os detalhes apresentados no momento do fechamento. Com a redução de gastos, vamos expandir nossa produção de energia para as demais lojas do grupo”, ressaltou.

“Pensando pontualmente, a fonte solar fotovoltaica é um excelente caminho para garantir a disponibilidade energética, modernizar o setor elétrico e descentralizar a economia de produção de energia”, acrescentou Junior.

Ramon Nuche, diretor LATAM da AE Solar, também comentou sobre a parceria e destacou que o compromisso da empresa é levar soluções tecnológicas e inovação que trarão de fato economia para os clientes. “Por isso, estamos a cada dia expandindo nosso portfólio com soluções na medida para cada projeto”.

2 inversores SMA de 50 kW (Sunny Tripower CORE1) e 1 Inversor SMA de 15 kW (Sunny Tripower 15000TL). Foto: Sunergia/Divulgação

2 inversores SMA de 50 kW (Sunny Tripower CORE1) e 1 Inversor SMA de 15 kW (Sunny Tripower 15000TL). Foto: Sunergia/Divulgação

Características gerais do projeto: módulos FV

Segundo a Sunergia, os painéis foram fixados por meio de estruturas metálicas de alumínio anodizado com alta resistência à corrosão. “As placas foram montadas diretamente sobre os telhados por meio de parafusos auto atarraxantes que se fixam na estrutura que o sustenta, proporcionando uma alta resistência a ventos”.

Já as conexões elétricas intermediárias e finais entre os módulos foram executadas por conector do tipo MC4 de engate rápido. Cada arranjo fotovoltaico, no total de 26, foi conectado a uma entrada dos quadros de proteção e manobra (stringbox) e foram distribuídas para as 26 entradas disponíveis dos três inversores.

Strinbox

A Sunergia afirmou que no lado CC a proteção é executada por um DPS (Dispositivo de Proteção contra Surtos) de 1000 Vcc / 60 kA. Este circuito é protegido por dois fusíveis de 16 A do tipo cartucho (um em cada polo) com curva de proteção e nível de interrupção adequados para a aplicação em geração fotovoltaica.

“Uma chave seccionadora bipolar de 20 A / 1000 Vcc permite o desligamento da entrada do inversor para execução de serviço de manutenção”, explicou a companhia.

Já o lado CA é composto por quadro de proteção com disjuntores de 80 A para cada um dos dois inversores de 50 kW e um disjuntor de 25 A para o inversor de 15 kW. Para a proteção contra surtos, utilizaram um DPS /275 Vca / 60 kA Classe II, para cada fase.

“No lado CA, foi instalado ainda um transformador isolador de 120 kW 380 / 220 V, em ligação estrela com neutro (YNYN0), para adequação dos níveis de tensão do gerador fotovoltaico e as instalações elétricas da edificação por meio de um dispositivo de proteção disjuntor de 300 no quadro de conexão”, apontaram.

Diagrama Unifilar de instalação da usina solar fotovoltaica. Foto: Sunergia/Divulgação

Diagrama Unifilar de instalação da usina solar fotovoltaica. Foto: Sunergia/Divulgação

Aterramento e cabeamento

A edificação possui malhas de aterramentos no esquema TT, resultando em uma resistência de aterramento inferior a 15Ω, mesmo que em solo seco. “A instalação original composta por duas hastes de 2,44 m com seção de ‘5/8′ enterradas no solo abaixo da casa garantem a qualidade do aterramento”.

Referente ao cabeamento, todos os cabos (lado CC) foram instalados em eletrocalhas aparentes apropriados para sua aplicação (aparente em parede).

“Além desta proteção, todos os cabos de força CC e aterramento usados na instalação dos módulos são apropriados para instalação externa, sujeitos à insolação e intempéries”, comentaram.

“Uma canaleta de uso externo conduz os cabos de força e de aterramento entre o inversor FV instalado em uma parede externa e o Q.G.B.T. (Quadro Geral Baixa Tensão), orientando os circuitos CA para o PCC (Ponto Comum de Conexão com a rede)”, concluiu a empresa.

Mateus Badra

Mateus Badra

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020. Atualmente, é Analista de Comunicação Sênior do Canal Solar e possui experiência na cobertura de eventos internacionais.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.