25 de fevereiro de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,8GW

Mercado de armazenamento pode atrair mais de US$ 12,5 bi ao ano no Brasil, avalia CELA

País pode ter uma expansão de 12,8% ao ano até 2040, com alta de até 7,2 GW de capacidade instalada no período

Autor: 3 de janeiro de 2024Baterias
2 minutos de leitura
Mercado de armazenamento pode atrair mais de US$ 12,5 bi ao ano no Brasil, avalia CELA

Foto: Envato elements

Segundo estudo realizado pela CELA (Clean Energy Latin America), o mercado de sistemas de armazenamento energético no Brasil pode ter uma expansão de 12,8% ao ano até 2040, com um aumento de até 7,2 GW de capacidade instalada no período.

De acordo com as projeções da consultoria, o avanço do mercado de baterias na infraestrutura elétrica do país pode movimentar mais de US$12,5 bilhões anuais, considerando as regulamentações atuais. 

Ainda de acordo com a CELA,  com incentivos, regulamentações claras e metas estabelecidas, esse potencial pode ultrapassar os 7,2 GW previstos, alcançando até 18,2 GW. 

Essas estimativas não incluem o potencial dos “sistemas behind the meter“, instalados em indústrias, comércios, propriedades rurais e residências, o que poderia ampliar ainda mais o impacto no setor.

A CELA ainda aponta que “o uso de baterias representa um dos principais motores para a ampliação das fontes de energia limpa e sustentável, dadas suas múltiplas aplicações e inúmeros benefícios, podendo ser um dos grandes catalisadores para a consolidação da transição energética no país”.

“No entanto, alcançar níveis desejados de crescimento no Brasil exigirá a implementação de metas claras para sistemas de armazenamento, investimentos em pesquisa e desenvolvimento, consolidação de regulamentações e estabelecimento de ajustes fiscais”, comentou Camila Ramos, CEO da CELA. 

“Isso inclui, por exemplo, a definição de tarifas para serviços auxiliares e o empilhamento de receitas, o que pode contribuir significativamente para a redução dos custos de implantação dos sistemas e aumentar a atratividade financeira dos projetos”, acrescentou.

Por fim, a CELA avalia que a implementação de regulamentações, estabelecimento de metas e oferecimento de incentivos desempenham um papel crucial no desenvolvimento do setor de armazenamento de energia.

 “A definição do arcabouço regulatório para um agente armazenador é de extrema importância, dada a ampla gama de aplicações desses sistemas. Tais regras podem desempenhar um papel fundamental na determinação dos custos e receitas associados aos sistemas de armazenamento, aspectos cruciais para viabilizar sua operação de forma eficaz e atrativa no cenário energético brasileiro”, concluiu Camila

 

Potencial de sistemas de armazenamento de energia no Brasil

Fonte: Consultoria CELA

Yvana Leitão

Yvana Leitão

Produtora do Podcast Papo Solar. Possui experiências em matérias jornalistas para revista e para site, e entrevistas. Graduanda em jornalismo pela Escola Superior de Administração, Marketing e Comunicação de Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.