28 de janeiro de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 4.63GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 8,84GW

Mercado de veículos elétricos cresce e bate recorde no Brasil

ABVE prevê fechar 2020 com 19 mil carros vendidos, uma alta de 60% em relação a 2019

Autor: 16 de novembro de 2020março 18th, 2021Brasil
Mercado de veículos elétricos cresce e bate recorde no Brasil

Brasileiros estão cada vez mais buscando mobilidade de modo sustentável. Prova disso, é o recorde de vendas de veículos elétricos no país neste ano, superando o número total registrado entre janeiro a setembro de 2019.

De acordo a ABVE (Associação Brasileira do Veículo Elétrico), a projeção é que até o fim do ano sejam vendidos 19 mil carros elétricos no Brasil, um aumento de 60% em relação a 2019 e de 378% frente a 2018.

“A venda de veículos elétricos vem crescendo muito pelo mundo. E os planos de reconstrução das economias, pós Covid-19, de muitos países trazem um forte viés ambiental e da construção de uma economia verde e de baixo carbono”, destacou Adalberto Maluf, presidente do Conselho da ABVE.

“A mobilidade elétrica é uma realidade pelo mundo, por isso, o Brasil precisa decidir se deseja ter um papel de liderança no tema ou se ficamos a margem das grandes inovações, como telespectadores dessa revolução tecnológica que surge mundialmente”, concluiu Maluf.

Entre as empresas que já estão adotando essa tecnologia está a Bellsol, localizada em Belém (PA). Em 2020, eles encontraram no mercado de carros e carregadores elétricos um nicho específico para expandir o leque de ofertas de serviços.

“Adquirimos, através da linha de financiamento FNO Sustentável do Banco da Amazônia, o primeiro veículo 100% elétrico do estado do Pará, da BYD. A partir daí, começamos a receber demandas para a instalação de carregadores para carros elétricos, sendo a primeira empresa de energia solar do Norte do Brasil a ofertar esse serviço”, disse Walber Junior, diretor comercial da Bellsol.

“Hoje, contamos com clientes de renome, como Jaguar, Land Rover e BMW. Estamos instalando com frequência esses aparelhos em residências e edifícios residenciais para suprir a necessidade de consumidores que já possuem carros 100% elétricos e/ou híbridos”, acrescentou Junior.

Outros dados

Ainda segundo o levantamento da ABVE, nos primeiros dez meses de 2020, o total de veículos elétricos emplacados no Brasil foi de 15.565 unidades, contra 11.858 de janeiro a dezembro do ano passado. Em 2018, o total foi de 3.970 unidades.

O destaque deste ano foi o mês de outubro, com 2.273 veículos vendidos, se tornando o segundo melhor mês da história da mobilidade elétrica no país. O melhor mês ainda continua sendo dezembro de 2019, com 2.409 vendas.

“Esses ótimos resultados confirmam nossa expectativa de que o mercado de eletrificados no Brasil tende a dobrar de tamanho a cada dois anos, ou menos”, ressaltou Thiago Sugahara, vice-presidente de Veículos Leves da ABVE e executivo da Toyota.

De 2012 até outubro de 2020, o número de veículos em circulação no Brasil chegou a 38.089 veículos. A ABVE estime que este número suba para 41 mil em dezembro.

Incentivos

Segundo a ABVE, é essencial que seja implantado um conjunto de medidas que transmitam confiança aos compradores e segurança às empresas que querem apostar na eletromobilidade.

Entre essas medidas, a associação aponta a equiparação das alíquotas do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) dos veículos eletrificados com os automóveis convencionais.

Hoje, os VEs pagam entre 12% e 18% de IPI, em média, enquanto um carro flex 1.0 a combustão, por exemplo, paga apenas 7%.

“Defendemos igualdade de condições aos veículos eletrificados, que são muito mais eficientes e menos poluentes do que qualquer similar convencional com motor a combustão. É uma questão de justiça tributária”, afirmou Sugahara.

Outras medidas propostas pela ABVE são a instalação de redes de recarga elétrica nas principais cidades e rodovias, e a isenção do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) cobrado sobre veículos eletrificados.

Aplicativo de carro elétrico compartilhado

Na mesma semana que a ABVE divulgou o número de vendas de veículos elétricos no país, o Itaú anunciou, em coletiva de imprensa, que irá disponibilizar um novo serviço de carro elétrico compartilhado via aplicativo no país.

Segundo o anúncio, o Vec Itaú começará a ser testado a partir de 2021 na capital paulista. A expectativa é que o serviço seja ampliado para outros estados.

De acordo com o Itaú, no período inicial do serviço três modelos estarão disponíveis para os usuários: Jaguar I-Pace, BMW i3 e JAC iEV40. Os preços não foram divulgados.

Mateus Badra

Mateus Badra

Atuou como produtor, repórter e apresentador na Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro há mais de um ano, atuando nas editorias de Mercado e Tendências, Mobilidade Urbana, P&D e Equipamentos. Jornalista graduado pela PUC-Campinas.

Um comentário

  • tiago michel disse:

    boa noite parabéns pela reportagem!! ficou top!!!! muito infomativa!!! morro fora do pais a alguma tempo!!!! estou tentando pesquisar muito a respeito de importação de automoveis , vc sabe me dizer se o tesla model 3 é isento de IPVA em Minas gerais? qual seria a melhor maneira da fazer a importação , com uma importadoras daqui USA enviando pro brasil ou uma do brasil buscando aqui USA

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.