Mercado Livre ganhou 655 novos agentes consumidores em 2022

Volume corresponde a um crescimento de 6,6% na comparação com dezembro de 2021, aponta CCEE
Mercado Livre ganhou 655 novos agentes consumidores em 2022, aponta CCEE
Mercado Livre de energia contava com 29.390 UCs ao final de agosto, segundo a CCEE.. Foto: PxHere

O Mercado Livre de energia atingiu a marca dos 10.585 agentes consumidores em agosto, registrando um crescimento de 6,6% na comparação com dezembro de 2021, de acordo com dados divulgados pela CCEE (Câmara de Comercialização de Energia Elétrica). 

O segmento, que permite negociar contratos diretamente com fornecedores do insumo, já corresponde por mais de 35% do consumo total de eletricidade do país. 

Na avaliação da CCEE, a expansão está atrelada a três fatores: maior viabilidade financeira, previsibilidade orçamentária (com contratação sob demanda) e a possibilidade de opção por um fornecimento de fontes renováveis.

A categoria Livre  – que agrupa quem tem carga maior do que 1 MW e que pode negociar energia gerada por qualquer tipo de fonte – cresceu 14,7% no ano. 

Já a faixa especial, formada por aqueles com demanda contratada entre 500 kW e 1 MW e que têm o direito de adquirir energia de fontes incentivadas, como eólica, solar, biomassa e de PCHs (Pequenas Centrais Hidrelétricas), avançou 5,5%.

Como cada agente pode representar diversas cargas, a Câmara também faz o levantamento do total de UCs (Unidades Consumidoras) no mercado. Ao final de agosto, o ambiente livre contava com 29.390 UCs, uma alta de quase 10% em relação às 26.724 registradas em dezembro de 2021. 

Nos últimos meses, o MME (Ministério de Minas e Energia)  realizou uma Consulta Pública para tratar da abertura do mercado livre para todos os consumidores que são atendidos em alta tensão. 

A proposta, que prevê a liberalização para essa faixa a partir de 2024, contou com a colaboração técnica da CCEE, para que o processo ocorra de forma contínua, sustentável e previsível. 

Imagem de Henrique Hein
Henrique Hein
Atuou no Correio Popular e na Rádio Trianon. Possui experiência em produção de podcast, programas de rádio, entrevistas e elaboração de reportagens. Acompanha o setor solar desde 2020.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal