27 de maio de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5.02GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 10,7W

MME anuncia bandeira tarifária verde na conta de luz

Decisão provocará redução média de 20% no valor da conta de energia dos brasileiros a partir de maio

Autor: 7 de abril de 2022abril 11th, 2022Brasil
MME anuncia bandeira tarifária verde na conta de luz

Bandeira tarifária em vigor hoje foi criada em 2021 para minimizar os impactos da crise hídrica. Foto: Pixabay

O MME (Ministério de Minas e Energia) informou, na noite desta quarta-feira (6), que a partir de 16 de abril, o país passará a adotar a bandeira tarifária verde na conta de luz. 

A medida, com isso, deverá provocar uma redução média de cerca de 20% no valor da conta de energia dos consumidores residenciais a partir de maio. 

Atualmente, a bandeira tarifária em vigor no Brasil é a “Crise Hídrica”, criada em setembro de 2021 para compensar o aumento do custo de geração em meio a maior crise hídrica da história do país. 

No final de 2021, os reservatórios das Usinas Hidrelétricas do Sudeste e Centro-Oeste, responsáveis por 70% da geração hídrica do Brasil, por exemplo, chegaram a operar com menos de 20% da sua capacidade, o menor nível em 91 anos.

A dependência nacional pelo recurso hídrico, que correspondia na época a mais de 65% da matriz energética brasileira, obrigou o Governo Federal a tomar medidas para garantir que o abastecimento de energia para a população.

Para isso, foram importadas energia de países vizinhos, como Argentina e Uruguai,  e a adesão ao uso das termelétricas – uma fonte mais cara, na qual o custo é repassado ao consumidor na conta de luz. 

Desde o começo do ano passado, profissionais do setor de energia alertavam que a realização de investimentos em renováveis, entre elas a solar, seria uma solução mais viável para enfrentar e evitar a crise hídrica sem que houvesse grandes prejuízos financeiros para o país e os consumidores. 

Em outubro, o próprio TCU (Tribunal de Contas da União) apontou falhas do Governo Federal e órgãos do setor elétrico no combate à crise energética. Segundo a Auditoria, as medidas adotadas ainda teriam sido tomadas de maneira “açodada”, com pouco previsibilidade e sem estimativa de impactos tarifários ao consumidor.

Henrique Hein

Henrique Hein

Atuou como repórter no jornal Correio Popular e na Rádio Trianon. Possui experiência em produção de podcast, programas de rádio, entrevistas e elaboração de matérias jornalísticas. Acompanha o setor de energia solar fotovoltaica, cobrindo as editorias de Mercado e Tendências; Negócios e Empresas; Cases e Bastidores da Política.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.