1 de março de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,9GW

PHB lança inversores híbridos de 127 V e 220 V

Nova linha, voltada para aplicações residenciais, é compatível com baterias de íon-lítio e chumbo e possui tempo de transferência < 10ms

Autor: 2 de fevereiro de 2024Lançamentos
3 minutos de leitura
PHB lança inversores híbridos de 127 V e 220 V

Inversor híbrido PHB. Imagem: PHB Solar/Divulgação

A PHB Solar disponibilizou, nesta sexta-feira (02) em sua plataforma de vendas, a nova linha de inversores híbridos de 127 V (rede monofásica) e de 220 V (rede monofásica ou bifásica com backup podendo ter 127 V com uso de transformador), desenvolvida especialmente para aplicações residenciais no mercado brasileiro.

Os equipamentos – testados em diversas redes elétricas: monofásica, bifásica e trifásica – são homologados na Portaria 140 do Inmetro; têm corrente máxima de 16 A por MPPT; possuem string box integrada com monitoramento remoto de falha do DPS e tempo de transferência < 10ms; e são compatíveis com baterias de íon-lítio e chumbo.

“Isso é muito interessante pois, especialmente, quem quer solução para backup, muitas vezes o custo é minimizado e, sendo backup, a demanda pela bateria é reduzida e bem satisfeita”, disse Ivan Sarturi, engenheiro eletricista da PHB Solar.

“O legal dessa linha é que o inversor híbrido de 127 V é bastante inédito no mercado. Então, clientes que possuem cargas prioritárias nesse nível de tensão podem, além de injetar na rede e gerar créditos, alimentar seus aparelhos já na tensão correta, reduzindo o custo do investimento pela ausência do transformador”, explicou.

De acordo com Sarturi, o sistema de autoconsumo local é uma forma do cliente reduzir custos com a TUSD fio B. Para esse caso, indicam o uso de baterias de lítio, porque o sistema submeterá a bateria a ciclos diários de carga e descarga.

“O excedente produzido pelo sistema fica na bateria e a mesma alimenta as cargas quando a geração for baixa ou inexistente, reduzindo o uso da rede e por sua vez reduzindo o custo da TUSD fio B”, ressaltou o engenheiro.

Autoconsumo local. Gráfico: PHB

Autoconsumo local. Gráfico: PHB

Peak shaving. Gráfico: PHB

Peak shaving. Gráfico: PHB

Energy time shift. Gráfico: PHB

Energy time shift. Gráfico: PHB

Inversor híbrido 220 V conectado à rede trifásica 220 V / 127 V. Gráfico: PHB

Inversor híbrido 220 V conectado à rede trifásica 220 V / 127 V. Gráfico: PHB

Inversor híbrido 4 portas com bateria. Gráfico: PHB

Inversor híbrido 4 portas com bateria. Gráfico: PHB

“Nosso inversor é híbrido quatro portas, isso facilita as cargas na porta backup de serem conectadas sem nenhum dispositivo externo para seccionar o circuito. Ademais, o tempo de transferência de rede para backup se dá em menos de 10 ms. Quando há a rede, a porta backup é um simples ‘by-pass’ da rede para a carga”, relatou Ivan Sarturi.

Demais características da linha

A série – que conta com os inversores PHB3548-ES (127 V) / PHB3648-ES (220 V) / PHB6048-ES (220 V) – possui ainda garantia de 10 anos para defeito de fabricação; eficiência máxima de até 97,6% e eficiência de backup de até 95%, THDi menor que 3%; proteção contra inversão de polaridade na bateria; e IP65 anti-poeira e à prova d´água.

Além disso, entre as demais vantagens estão o controle on/off-grid de gerador diesel para aplicações críticas; design de baixo ruído e sem ventilador; atende as tensões módulo 8 PRODIST; conta com leds indicadores; interface de comunicação RS485, CAN e Wi-Fi; e aplicativo de monitoramento intuitivo com informações de todo o sistema.

Esses equipamentos podem ser encontrados na plataforma da PHB.

Mateus Badra

Mateus Badra

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020. Atualmente, é Analista de Comunicação Sênior do Canal Solar e possui experiência na cobertura de eventos internacionais.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.