1 de março de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,9GW

Boletim InfoLink: preços de polissilício e wafer apresentam estabilidade

Parceria do Canal Solar com a Infolink Consulting visa apresentar um panorama dos preços da indústria fotovoltaica

Autor: 1 de dezembro de 2023dezembro 15th, 2023Boletim InfoLink
6 minutos de leitura
Boletim InfoLink: preços de polissilício e wafer apresentam estabilidade

Imagem: Freepik

Desde a semana passada, o Canal Solar oficializou uma parceria com a InfoLink Consulting com objetivo de apresentar toda semana aos nossos leitores o comportamento dos preços da indústria fotovoltaica global. Os preços são obtidos através de entrevistas com mais de 100 empresas do setor.

A InfoLink esclarece que publica o preço spot com base nos preços praticados entre a quinta-feira até quarta-feira da semana seguinte. Os custos médios são obtidos através de transações mais comuns do mercado e semanalmente são ligeiramente ajustados de acordo com as condições de mercado.

Vale ressaltar que os preços em RMB são os praticados na China, enquanto os em dólares são os preços no exterior, não uma conversão direta do RMB para dólares americanos.

Confira a seguir como ficaram as cotações no mercado solar.

Polissilício

Segundo a consultoria, a oferta global de polissilício está se estabilizando, sem aumento significativo na oferta dos principais fabricantes. As adições de polissilício vêm de novas capacidades, embora a qualidade exija melhorias.

À medida que a entrada de pedidos aumenta, as taxas de utilização do segmento de lingotes se recuperam, mas as cotações de preços diminuem.

Os preços convencionais de polissilício caíram para RMB 63-68/kg, com média de RMB 65/kg, queda de 3% semana após semana. Os preços do polissilício granular caíram para RMB 58-62/kg. A InfoLink acredita que a diferença diminuirá com a queda geral dos preços.

Wafer

Os preços dos wafers se estabilizaram apesar da margem de lucro atualmente estreita. O setor atinge um período temporário de equilíbrio entre oferta e demanda.

Considerando o potencial de mudanças significativas na produção de células no próximo mês, as negociações de wafer foram moderadas nesta semana, com o mercado aguardando uma nova rodada de competição de preços na cadeia de suprimentos em dezembro;.

O preço médio dos wafers permaneceu inalterado esta semana, situando-se em RMB 2,3/peça e RMB 3,3/peça para wafers tipo P M10 e G12, respectivamente. Para wafers tipo N, o preço médio de negociação teve uma ligeira queda do M10 para RMB 2,36-2,4/peça. Os wafers G12 do tipo N tiveram uma oferta restrita, com preços permanecendo em RMB 3,4-3,45/peça.

De acordo com a consultoria, à medida que novas e antigas capacidades de produção continuam a surgir, os fabricantes estão preocupados que o aumento da oferta perturbe a dinâmica de mercado, o que levará a maiores variações de preços.

No entanto, há divergências significativas entre os fabricantes de wafer em seus planos de produção para dezembro. Enquanto alguns fabricantes tendem a aumentar a produção, outros estão reduzindo. A tendência futura dos preços dependerá dos planos de produção.

Célula

O setor de células está amargando prejuízos há algum tempo. Alguns fabricantes Tier-2 e Tier-3 estão enfrentando dificuldades operacionais, com alguns deles acabando por sair do mercado. Somente algumas empresas líderes de mercado estão conseguindo sustentar suas operações.

Nesta semana, os preços das células continuaram a cair. As células M10 tipo P foram negociadas a RMB 0,42-0,44/W, com algumas transações registradas na cotação de RMB 0,4/W.

Os preços da células G12 foram sustentadas por uma incompatibilidade entre oferta e demanda, mantendo-se em RMB 0,58/W – resultando em uma oscilação de preço de RMB 0,16/W entre as células M10 e G12, destacando as vantagens competitivas do último em um mercado com fornecedores limitados.

No entanto, com a conclusão das entregas de pedidos de células G12, os preços retornarão aos níveis normais em dezembro, diminuindo ainda mais a diferença de preços.

Para as células M10 tipo N, os preços permaneceram em RMB 0,49-0,5/W nesta semana. As células G12 HJT chegaram a RMB 0,65/W para os de alta eficiência. A diferença de preço entre as células tipo N e P atingiu RMB 0,07-0,08/W.

Segundo a InfoLink, o esgotamento dos estoques no setor de células foi eficiente nesta semana. Atualmente, o estoque de células é igual a quatro até cinco dias de produção. Porém, as recentes quedas de preço não são resultado da acumulação de estoque, mas sim da demanda cada vez menor por células M10 do tipo P. Em contraste, as células tipo G12 e N mantêm uma situação saudável entre oferta e demanda.

Módulo

Os preços dos módulos estavam mistos nesta semana. Na China, o estoque diminuiu à medida que os grandes projetos são concluídos em dezembro.

Para módulos monofaciais de 182 mm, os preços ficaram em RMB 0,91-1,03/W. A diferença de preço entre os módulos monofaciais de 182 mm e 210 mm começou a diminuir, agora entre RMB 0,03-0,05/W e retornará para RMB 0,01-0,03/W em dezembro.

O preço de venda dos módulos PERC chegou a US$ 0,12-0,13/W na Ásia-Pacífico e EUR 0,11-0,13/W na Europa.

Os preços dos módulos TOPCon variaram de RMB 0,96/W a RMB 1,18/W. Os novos pedidos foram cotados a RMB 0,98-1,05/W. Os preços fora da China situam-se em USD 0,13-0,14/W.

Os custos dos módulos HJT ficaram em RMB 1,2-1,35/W. Os preços fora da China permaneceram em USD 0,16-0,17/W.

Com exceção de alguns fabricantes que mantêm uma taxa de estoque elevada graças a uma quantidade suficiente de volumes de pedidos, a maioria planeja reduzir a produção em dezembro em 0,3-0,8 GW. O total de produção de módulos no mês será de 48-50 GW.

Os fabricantes reduzem a produção e eliminam produtos tipo P à medida que a procura se desloca para módulos tipo N. Por outro lado, os módulos TOPCon sustentam uma demanda robusta e verá os planos de produção aumentarem à medida que os fabricantes liberem capacidades produtivas. Com os preços próximos do fundo, as descidas irão
abrandar em dezembro.

Em termos de vidros, as negociações para novos pedidos em dezembro estão em andamento. Diante do baixo preço dos módulos e da demanda enfraquecida, os fabricantes de módulos tentam pressionar o preço do vidro para baixo.

No entanto, os fabricantes de vidro dificilmente podem ceder, já que os custos de fabricação aumentaram, potencialmente aumentando os preços das matérias-primas. O resultado da negociação entre as duas partes ainda não foi definido.


Todo o conteúdo do Canal Solar é resguardado pela lei de direitos autorais, e fica expressamente proibida a reprodução parcial ou total deste site em qualquer meio. Caso tenha interesse em colaborar ou reutilizar parte do nosso material, solicitamos que entre em contato através do e-mail: [email protected].

Wagner Freire

Wagner Freire

Wagner Freire é jornalista graduado pela FMU. Atuou como repórter no Jornal da Energia, Canal Energia e Agência Estado. Cobre o setor elétrico desde 2011. Possui experiência na cobertura de eventos, como leilões de energia, convenções, palestras, feiras, congressos e seminários.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.