27 de maio de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5.02GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 10,7W

Procura por painéis solares dispara em Mato Grosso do Sul

Com incentivos do Estado, procura pela tecnologia no segmento de GD cresceu mais de 25% nos últimos meses

Autor: 25 de março de 2022Brasil
Procura por painéis solares dispara em Mato Grosso do Sul

Painel solar instalado em residência no município de Campo Grande (MS). Foto: NeoSolar/Reprodução

O Governo de Mato Grosso do Sul (MS) divulgou, no começo da manhã desta sexta-feira (25), que a procura por sistemas fotovoltaicos para usinas de GD (geração distribuída) cresceu mais de 25% no Estado entre o final do ano passado e março deste ano.

Atualmente, a geração de energia elétrica por meio de painéis solares já está disseminada em todos os 79 municípios do território sul-mato-grossense, sendo 26.678 usinas distribuídas.

De acordo com o Estado, eram 21.309 unidades no final de 2021 e esse número já atingiu 26.678 unidades instaladas até março de 2022, totalizando um potencial de 270.990 KWp de geração de energia.

A maior parte destas usinas de GD (cerca de 42% do total) estão concentradas nas cidades de Campo Grande (7.337), Dourados (3.917) e Três Lagoas (1.334), segundo dados da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica).

No entendimento do Estado, a alta procura pelos equipamentos se dá em razão da popularização cada vez maior dos sistemas e aos incentivos que vêm sendo concedidos aos consumidores.

Saiba mais:

Mais de 2 mil moradores do Pantanal são beneficiados com energia solar

Sete estados brasileiros já contam com energia solar em 100% dos municípios 

Jaime Verruck, secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar de Mato Grosso do Sul, lembra, por exemplo, que a produção de energia de fontes limpas e renováveis ganhou mais incentivos no final de 2021 com a Lei nº 5.807, sancionada pelo governador Reinaldo Azambuja em 16 de dezembro.

“Essa legislação instituiu o MS Renovável (Programa Estadual de Incentivo ao Desenvolvimento das Fontes Renováveis de Produção de Energia Elétrica) e já é uma das ações decorrentes do Plano Estadual MS Carbono Neutro – PROCLIMA, que tem por objetivo tornar Mato Grosso do Sul, até o ano de 2030, um território que neutraliza suas emissões de carbono”, disse o secretário.

Henrique Hein

Henrique Hein

Atuou como repórter no jornal Correio Popular e na Rádio Trianon. Possui experiência em produção de podcast, programas de rádio, entrevistas e elaboração de matérias jornalísticas. Acompanha o setor de energia solar fotovoltaica, cobrindo as editorias de Mercado e Tendências; Negócios e Empresas; Cases e Bastidores da Política.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.