21 de maio de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 4.98GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 10,6W

Saiba quais estádios do Brasil usam energia solar fotovoltaica

Grandes estádios já estão utilizando energia solar, reduzindo os custos com eletricidade

Autor: 7 de novembro de 2020agosto 4th, 2021Brasil
Saiba quais estádios do Brasil usam energia solar fotovoltaica

A maior paixão do brasileiro é o futebol. Muitos torcedores consideram, inclusive, uma religião e percorrem distâncias que atravessam fronteiras para verem os seus times jogarem.

Agora, outra paixão que está ganhando cada vez mais o coração e admiração das pessoas é a energia solar, uma fonte limpa, renovável que promove economia e ainda ajuda o meio ambiente na redução de CO₂.

Como então juntar essas duas paixões? Bom, grandes palcos do futebol já estão utilizando da energia fotovoltaica, o que está ajudando a reduzir os custos com eletricidade e ainda agregando sustentabilidade aos projetos.

Confira, abaixo, cinco estádios de futebol que instalaram usinas solares e as informações sobre seus sistemas.

Maracanã

Localizado no Rio de Janeiro, o estádio Jornalista Mário Filho, conhecido como Maracanã recebeu, em 2014, um sistema com 1.552 módulos solares, que cobrem uma área de 2.380 m² e são capazes de gerar 500 MWh por ano.

A energia gerada no Maracanã é comercializada pela Light, que assumiu o gerenciamento e a manutenção do sistema.

Mineirão

Em Belo Horizonte (MG), o Estádio Governador Magalhães Pinto, o Mineirão, foi o primeiro estádio do mundo que sediou uma partida da Copa do Mundo (Colômbia x Grécia, em 14 de junho de 2014) operando com uma usina solar de 1,42 MWp.

Ao total, foram utilizados cerca de 6 mil módulos. Toda a energia gerada é injetada na rede de distribuição da Cemig (Companhia Energética de Minas Gerais) para ser comercializada.

Arena Pernambuco

A usina solar do estádio Arena Pernambuco, em Recife, foi a primeira do tipo a ser instalada no estado, no final de 2013. A planta conta 3.652 painéis fotovoltaicos capazes de gerar 1.500 MWp de energia por ano, equivalente a 30% do consumo do estádio.

Pituaçu

O estádio Governador Roberto Santos, localizado em Salvador (Bahia), é conhecido como Pituaçu e foi o primeiro da América Latina a contar com um sistema de energia solar, instalado em 2012, com 2.292 módulos fotovoltaicos capazes de gerar 630 MWh por ano de energia.

Mané Garrincha

O Estádio Mané Garrincha, localizado em Brasília (DF), ganhou, em 2014, uma usina solar capaz de gerar 3 mil MWh/ano. Os painéis ocupam cerca de 15 mil m² – 75% da área de concreto da cobertura. O serviço de instalação das placas custou R$ 15 milhões.

Mateus Badra

Mateus Badra

Atuou como produtor, repórter e apresentador na Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro há mais de dois anos, atuando nas editorias de Mercado e Tendências, Mobilidade Urbana, P&D e Equipamentos. Jornalista graduado pela PUC-Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.