16 de agosto de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5,61GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 12,2W

Servidores públicos de MA terão incentivos para uso da energia solar

Projeto de Lei aprovado autoriza o Poder Executivo a facilitar a aquisição e financiamento de sistemas fotovoltaicos

Autor: 26 de agosto de 2021Brasil
Servidores públicos de MA terão incentivos para uso da energia solar

O estado do Maranhão é responsável por aproximadamente 10% de toda a geração distribuída solar do Nordeste, com mais de 134 MW em potência instalada em GD (Geração Distribuída) solar fotovoltaica, segundo dados da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica).

A fim de incentivar o uso da fonte solar no estado, a Assembleia Legislativa do Maranhão aprovou no começo de agosto o PL 23/21 (Projeto de Lei n.º 23/2021), que dispõe o financiamento e aquisição facilitada do sistema de energia solar fotovoltaica por servidores públicos. 

A proposta autoriza o Poder Executivo conceder incentivo aos servidores públicos ativos e inativos, militares e pensionistas ao financiamento e aquisição do sistema de energia solar para geração residencial ou em outra propriedade indicada, com o pagamento das parcelas mensais por consignação em folha.

Além disso, serão estabelecidos parâmetros de negociações com os municípios em relação aos impostos, tarifas e taxas, com os fornecedores de equipamentos solar e com os agentes financeiros públicos e privados para garantir financiamento com juros mais acessíveis. 

O projeto é de autoria do deputado Rildo Amaral (Solidariedade) e tem fundamento na Lei Estadual 10.762/2017, que incentiva a geração e o uso de energia fotovoltaica com o objetivo de aproveitar o potencial solar do Estado.

“O projeto tem como princípios fundamentais a sustentabilidade econômica e social, o respeito ao meio ambiente e a elevada capacidade que o Estado tem para a geração de energia solar fotovoltaica”, destacou Amaral.

Leia também: Setor varejista é o que mais investiu em energia solar no 1º semestre

“Isso combinado com o propósito de incentivar que os servidores públicos ativos e inativos, militares e pensionistas realizem o financiamento e a aquisição do sistema de energia solar de forma facilitada por intermediação da administração pública, já que o pagamento será feito de forma consignada”, completou. 

Para Rodrigo Anselmo, Diretor Técnico-comercial da empresa integradora VoltLux Energia Solar, a aprovação da  PL é importante, pois incentiva o uso da energia solar e reduz a dependência da fonte de geração hidráulica. 

“Este projeto de lei tem dois grandes pontos. Primeiro, é uma categoria de profissionais que demanda muito aqui no Maranhão, e o outro, é que o investimento pode ser feito direto na folha de pagamento, sendo um benefício para o cliente”, destaca Anselmo. 

“Tal praticidade ajuda o profissional a economizar ao longo dos meses, ao adquirir o seu Kit e uma empresa integradora fazer a instalação e a homologação junto a concessionária”, complementou.  

Giuliana Olivieri

Giuliana Olivieri

Atuou como produtora de programa de entrevista na Rádio Brasil Campinas, além de elaboração de reportagens diárias, edição de áudio e vídeo. Desde 2020, acompanha o mercado fotovoltaico, cobrindo a editoria de Mercado e Negócios. Graduanda em Jornalismo na PUC Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.