17 de abril de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 13,1GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 28,5GW

Sistema Fecomércio-RS investe em solar e tem economia de R$ 500 mil

Entidade irá utilizar o valor economizado com a energia FV para promover melhorias no espaço que abriga a nova sede

Autor: 30 de setembro de 2022novembro 7th, 2022Projetos
3 minutos de leitura

A busca pelo melhor aproveitamento de água e energia foi uma premissa na construção da nova sede do Sistema Fecomércio-RS/Sesc/Senac no Rio Grande do Sul.

O empreendimento investiu em iluminação natural, energia solar e instalou 10 mil metros quadrados de telhados verdes. A cobertura sustentável, de acordo com a entidade, é considerada uma das maiores da América Latina atualmente.

No total, o sistema fotovoltaico de 400 KWp possui 1.250 painéis fotovoltaicos da JA Solar e seis inversores da Huawei. A economia anual projetada é de R$ 500 mil, o que corresponde a 25% do consumo do prédio.

Com o valor economizado, a empresa irá reinvestir em infraestrutura para continuar permanentemente promovendo melhorias no espaço que abriga a nova sede do Sistema.

Sistema fotovoltaico de 400 KWp instalado no Sistema Fecomércio-RS. Foto: Carlos Macedo

Sistema fotovoltaico de 400 KWp instalado no Sistema Fecomércio-RS. Foto: Carlos Macedo

Mais detalhes sobre o projeto

Projetada pelo Estúdio 41, a edificação comporta o espaço Administrativo da entidade. Os cuidados com os recursos naturais começaram na construção do prédio com pedras in natura, recolhimento adequado de resíduos, controle de óleos e solventes e sistema de captação de energia fotovoltaica.

Os telhados verdes da Ecotelhado foram projetados para aumentar o isolamento térmico e possuem cisternas para reter a água da chuva, que irriga a vegetação do telhado e poderá ser direcionada depois na jardinagem ou no lago.

“Com os tetos verdes, conseguimos reduzir em torno de cinco graus a menos de temperatura em relação ao ambiente externo nas épocas quentes, o que nos proporciona economia de eletricidade. Temos a capacidade de captar e reter 90 mil litros de água”, explicou Vitor Dossa, gestor do condomínio.

Como funciona a cobertura verde?

Segundo a arquiteta Catarina Feijó, da Ecotelhado, o resultado é possível porque há um sistema eficiente por trás. “O nosso telhado é hidropônico, que é o cultivo de plantas com pouco uso de substrato”.

“Desenvolvemos diversos módulos que são adequados de acordo com a área de inserção do projeto, deixando espaço embaixo da vegetação para que a água fique armazenada dentro. Na elaboração destes sistemas, nós usamos ainda o design da biomimética, que é inspirado na natureza”, ressaltou.

Além de reduzir o gasto com energia, captar e permitir o reuso de água potável, a arquiteta lembra que o telhado verde tem papel importante na drenagem urbana, uma vez que a água da chuva que iria para as ruas e poderia provocar inundações é reaproveitada.

“Também atua como isolante acústico, reduz a poluição na cidade, favorece a biodiversidade, atraindo borboletas e passarinhos, e pode se tornar um excelente espaço de convivência nas empresas e condomínios. Auxilia ainda na pontuação de certificações sustentáveis, como LEED e Agua”, acrescentou Catarina.

Mateus Badra

Mateus Badra

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020. Atualmente, é Analista de Comunicação Sênior do Canal Solar e possui experiência na cobertura de eventos internacionais.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.