18 de agosto de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5,61GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 12,3W

Sistema fotovoltaico na Alema prevê redução de custo mensal em 42%

A instalação teve início em janeiro deste ano e a previsão de consumo da energia solar está prevista para até novembro deste ano

Autor: 29 de julho de 2022Projetos
Sistema fotovoltaico na Alema prevê redução de custo mensal em 42%

Serão utilizados 1.204 módulos no projeto, com 800 Wp de capacidade de produção. Foto: Biaman Prado/Agência Alema

A Alema (Assembleia Legislativa do Maranhão) contará com a instalação de um sistema fotovoltaico em seu estacionamento no formato carport. A implantação foi licitada em janeiro de 2021 e terá investimento total de R$ 3,1 milhões.

Além de gerar energia para o prédio, a estrutura servirá para abrigar os veículos dos servidores e da população atendida no local. A previsão é que até novembro deste ano a usina esteja operando.

A estimativa é que a economia no custo mensal de consumo de energia elétrica obtida pelo Poder Legislativo seja de 42%. A empresa responsável pela execução do projeto é a Silveira Engenharia, ganhadora da licitação.

O diretor administrativo adjunto, André Ferreira, explicou que para chegar à fase de execução do projeto, foi realizado um Estudo de Viabilidade Técnica Econômica e Ambiental.

“Esse estudo técnico preliminar nos levou a analisar vários cenários e a definir o mais adequado às nossas necessidades. A Equatorial Energia já aprovou o parecer de acesso ao nosso projeto executivo”, destacou.

De acordo com Luís Ernani, engenheiro Luís Ernani, coordenador na Alema no setor de engenharia elétrica, os serviços de estrutura de cobertura já estão concluídos.

“A estrutura de vagas de estacionamento, denominado de carport, já está 50% concluída. Vamos utilizar 1.204 módulos”, esclareceu Ernani.

Segundo Antino Noleto, diretor administrativo da Alema, a implantação do sistema fotovoltaico está prevista no Planejamento Estratégico, elaborado pela Mesa Diretora da Assembleia, com duração de dez anos.

“Esse projeto tem um propósito muito caro e importante para a sociedade como um todo, numa perspectiva mundial, que é o de buscar energia limpa e renovável. Assim, ao mesmo tempo que buscamos diminuir os custos operacionais com o consumo de energia, damos o exemplo para nortear a sociedade no caminho que se deve buscar”, ressaltou Noleto.

Noleto ainda destacou que o projeto viabilizará à Casa Legislativa a produção de energia limpa por duas décadas e meia, com uma economia significativa no sistema operacional.

“Não só no aspecto de contribuir com a produção de energia limpa, mas também de dar o exemplo de qual caminho seguir. Encerraremos o ano de 2022 com esse sistema plenamente operacional. Essa é mais uma ação inovadora e estruturante da gestão do presidente Othelino Neto”, complementou.

Stella Miranda

Stella Miranda

Produtora do Canal Responde e do Solar em 60. Possui experiência em produção de podcast, elaboração de matérias jornalísticas, entrevistas e produção para rádio. Graduanda em Jornalismo na Pontifícia Universidade Católica de Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.