14 de abril de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 13,1GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 28,4GW

Solar Castilho entra em operação para fornecer energia à PremiePet

Usina suprirá 100% da demanda das fábricas da empresa em São Paulo e no Paraná

Autor: 12 de abril de 2023ESG
3 minutos de leitura
Solar Castilho entra em operação para fornecer energia à PremiePet

Complexo solar Castilho (270 MW), em São Paulo. Foto: Divulgação/PremieRpet/Comerc

O consumo de energia da fabricante de pet food PremieRpet será suprido 100% por energia solar fotovoltaica a partir deste mês. A empresa se tornou a primeira no seu segmento a atingir essa marca.

Isso será possível com o início da operação da maior usina solar do estado de São Paulo, localizada no município de Castilho, por meio de um contrato de fornecimento de energia de longo prazo (PPA) com a Comerc Renew, braço de geração do grupo Comerc.

Fruto de um investimento de R$ 940 milhões, a usina tem 270 MWp de capacidade instalada, ocupando uma área de 690 hectares (equivalente a mais de 600 campos de futebol. Segundo a empresa, a planta evitará a emissão de 16 mil toneladas de CO2 na atmosfera ao ano, equivalente à absorção realizada por 110 mil árvores durante 30 anos.

A usina Castilho fornecerá energia para quatro fábricas da PremieRpet, localizadas em Durado (SP) e Porto Amazonas (PR), bem como outras empresas.

“O Brasil é um dos países com maior índice de emissão de gases de efeito estufa no mundo e todos nós temos o desafio de transformar esse cenário. Por isso, é um orgulho anunciar que trabalhamos apenas com energia limpa, gerada por meio de fonte 100% renovável, sem emissão de poluentes ou impacto ao meio ambiente”, disse Madalena Spinazzola, diretora de Planejamento Estratégico e Marketing Corporativo da PremieRpet.

Segundo a executiva, há muitos anos a empresa investe em potentes iniciativas sustentáveis. Uma das primeiras ações na companhia foi implementar o uso de eucalipto reflorestado para geração de energia térmica em suas operações fabris.

Além disso, faz o reuso de água proveniente da chuva por meio de captação em lagoas e telhados, promove a iluminação natural em 75% dos espaços, zela pelo gerenciamento de todos os resíduos gerados nos processos produtivos e realiza a logística reversa.

”Como gestores de energia de mais de 2 mil grupos econômicos, nós, da Comerc, notamos um número crescente de empresas incorporando questões de sustentabilidade em suas decisões diárias, que refletem as preocupações de seus acionistas e clientes e levam em conta presente e futuro do negócio e suas partes interessadas”, afirma Aderbal Aragão, diretor comercial da Comerc Renew.

“A decisão da PremieRpet ® de utilizar 100% de energia produzida por meio de fonte solar em suas unidades industriais reforça que o compromisso com a sustentabilidade está presente em suas ações”, finaliza.

Wagner Freire

Wagner Freire

Wagner Freire é jornalista graduado pela FMU. Atuou como repórter no Jornal da Energia, Canal Energia e Agência Estado. Cobre o setor elétrico desde 2011. Possui experiência na cobertura de eventos, como leilões de energia, convenções, palestras, feiras, congressos e seminários.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.