16 de agosto de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5,61GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 12,2W

UPA do RS tem economia de 100% com energia fotovoltaica

Solar possibilitará a utilização de recursos, que iriam para a conta de luz, para áreas onde mais se necessita

Autor: 1 de julho de 2022Projetos
UPA do RS tem economia de 100% com energia fotovoltaica

Sistema fotovoltaico de 73,8 kWp instalado na UPA. Foto: Departamento de Comunicação

A energia solar já é realidade na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) 24 Horas da cidade de Sapiranga, localizada no estado do Rio Grande do Sul.

De acordo com a Pasta, foi instalada uma usina fotovoltaica de 73,8 kWp – fruto de uma doação da empresa RGE Sul Distribuidora de Energia. Ao total, utilizaram 164 painéis de 450 Wp.

Para se ter uma ideia da redução do consumo energético, a conta de luz de fevereiro era de R$ 19 mil, já a fatura atual ficou em torno de R$ 200 – ou seja, uma economia de quase 100%, afirmou a prefeitura.

O investimento na unidade de saúde foi de R$ 243 mil, adquirido pelo Grupo CPFL por meio do Programa RGE nos Hospitais.

“A intenção é sempre atender melhor a comunidade e essa ação vai possibilitar a utilização de recursos, que iriam para a conta de energia, para áreas onde mais se necessita”, disse Elizandra Castro, consultora de negócios da RGE.

“Temos feito importantes investimentos no município, com melhorias para o atendimento dos nossos clientes”, ressaltou.

Segundo a prefeita Carina Nath, essa é uma parceria de sucesso, que garante uma economia que beneficiará toda a população. “O valor economizado retorna aos munícipes em forma de prestação de serviços na área da saúde”.

Mateus Badra

Mateus Badra

Atuou como produtor, repórter e apresentador na Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020, atuando nas editorias de Mercado e Tendências, Mobilidade Urbana, P&D e Equipamentos. Jornalista graduado pela PUC-Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.