23 de fevereiro de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,8GW

Usina de energia solar social é inaugurada em comunidade do interior paulista

Toda energia gerada será distribuída aos moradores em forma de crédito na conta de luz até 2026

Autor: 12 de fevereiro de 2024Brasil
3 minutos de leitura
Usina de energia solar social é inaugurada em comunidade do interior paulista

Executivos da EDP e demais entidades envolvidas durante o evento de inauguração da usina. Foto: Divulgação

Cerca de 200 famílias que vivem na Favela dos Sonhos, em Ferraz de Vasconcelos (SP) serão beneficiadas com a instalação de uma usina de energia solar social. 

Localizada em Roseira (SP), a planta foi inaugurada pelo Instituto EDP, em parceria com a Gerando Falcões, contando com uma capacidade instalada de 75 kW.

Toda energia gerada será distribuída aos moradores em forma de crédito na conta de luz até 2026, contribuindo para reduzir os gastos com energia. 

Cada cliente terá, em média, um desconto de 50 kwh/mês na fatura, o que equivale a cerca de R$ 35 por mês.

De acordo com a distribuidora, o desconto é acumulativo e pode se tornar ainda maior somado a outros benefícios, como a TSEE (Tarifa Social de Energia Elétrica). Por exemplo, uma família com consumo mensal de 100 kWh/mês pagaria cerca de R$ 71 reais na conta de luz. 

Com a usina solar social, passa a pagar R$ 37 e, se tiver também a Tarifa Social, a conta pode ser reduzida e chegar a R$ 22.

“Acreditamos que projetos como esse, junto a outros que estamos realizando na Favela dos Sonhos, colaboram para o desenvolvimento das comunidades”, afirma Dominic Schmal, diretor do Instituto EDP.

Além da EDP e da Gerando Falcões, fizeram parte da implantação da usina solar social o escritório L.O. Baptista, contribuindo dar suporte jurídico para a elaboração dos contratos e termos, e a Ultragaz, com a gestão do processo de adesão dos moradores inscritos.

Depois de 36 meses, e ao longo de mais 17 anos, a mesma usina irá beneficiar outras comunidades em situação de vulnerabilidade social que participam do Programa Comunidade In e que estejam conectadas à rede de distribuição da área de concessão da EDP em São Paulo. 

O Comunidade In é um programa social desenvolvido pela EDP que visa o desenvolvimento integrado e a melhoria progressiva da qualidade de vida das pessoas por meio de ações que atendam às necessidades locais.

Projeto social

A usina solar social é apenas uma das iniciativas que a EDP e a Gerando Falcões estão realizando na região. Para que a implantação da usina fosse possível, a EDP já havia regularizado as instalações elétricas em toda a comunidade.

Já na parte interna das residências, está em andamento um projeto de melhoria das instalações e eficiência energética, em parceria também com a ONG global Habitat. Até o momento, 25 moradias foram contempladas. Em breve, 30 novas residências serão selecionadas para o benefício.

As ruas e vielas da Favela dos Sonhos também receberam iluminação pública sustentável. Para isso, o Instituto EDP, em parceria com a organização social Litro de Luz e apoio da Gerando Falcões, instalou 30 postes de energia solar na comunidade, com o intuito de melhorar a vida das pessoas que tinham dificuldade em circular à noite na favela por causa da escuridão que havia no local.


Todo o conteúdo do Canal Solar é resguardado pela lei de direitos autorais, e fica expressamente proibida a reprodução parcial ou total deste site em qualquer meio. Caso tenha interesse em colaborar ou reutilizar parte do nosso material, solicitamos que entre em contato através do e-mail: [email protected].

Henrique Hein

Henrique Hein

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como repórter do Jornal Correio Popular e da Rádio Trianon. Acompanha o setor elétrico brasileiro pelo Canal Solar desde fevereiro de 2021, possuindo experiência na mediação de lives e na produção de reportagens e conteúdos audiovisuais.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.