23 de abril de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 13,4GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 28,6GW

Usinas flutuantes, mudanças climáticas e vendas encerram 1º dia

Evento reuniu profissionais renomados do setor solar para um público de cerca de 500 pessoas

Autor: 28 de novembro de 2022Canal Conecta 2022
4 minutos de leitura
Usinas flutuantes, mudanças climáticas e vendas encerram 1º dia

Palestra de José Bione, engenheiro na Chesf, sobre usinas flutuantes. Foto: Canal Solar

Com colaboração de Mateus Badra 

O primeiro dos dois dias de palestras do Canal Conecta – congresso idealizado pelo Canal Solar chegou ao fim, nesta segunda-feira (28), com mais três palestras realizadas no período da tarde.

Após uma manhã de conteúdos voltados para temas relacionados à Lei 14.300 – com uma palestra ministrada pelo advogado Pedro Dante e um painel de discussão com profissionais renomados – o restante do dia ficou reservado para debates referentes a outros assuntos.

Ao todo, o primeiro dia contou com a participação de cerca de 500 pessoas: foram mais de 200 presentes no auditório do Centro de Convenções da UNICAMP (Universidade Estadual de Campinas) e ao menos 270 inscritos acompanhando o evento pela Internet. 

Usinas flutuantes

Por volta das 15h30 foi iniciada uma apresentação de José Bione, engenheiro na Chesf (Companhia Hidrelétrica do São Francisco), sobre os principais aspectos de uma usina solar flutuante relacionada às etapas de implementação da tecnologia.

O profissional falou também sobre as vantagens, perspectivas e potencial de crescimento da fonte no Brasil, assim como estudos aplicados pela Chesf na usina solar flutuante de Sobradinho (BA). 

De acordo com ele, com o processo de transição energética pelo qual o país vem passando, é preciso otimizar ainda mais as fontes. “Hoje, temos limitações a nível ambiental, tecnológico e social. Conseguir fazer com que uma planta hidrelétrica isolada integre outras fontes dentro dela faz o ESG realmente acontecer”, ressaltou. 

Mudanças climáticas

Às 17h, Vitor Hassan, head de energia do Grupo Climatempo, discorreu sobre como as mudanças climáticas estão impactando no setor de energia fotovoltaica e o que podemos esperar a longo prazo no cenário de projeções.

“Tive a oportunidade de escutar alguns colegas que comentaram sobre a importância de um bom planejamento estratégico para o futuro frente a toda essa regulação de mercado. Mas e posteriormente, como irá ficar tudo isso?”, indagou. 

“Quando falamos de LCOE (Custo Nivelado de Energia) e eficiência energética, por exemplo, só regulação de mercado não é suficiente. Se tratando de vento, água e Sol – nesse caso para a energia solar, o Sol é extremamente importante na modulação de estratégias futuras de mercado”, pontuou Hassan.

Vitor Hassan, head de energia do Grupo Climatempo, no palco do Canal Conecta. Foto: Canal Solar

Ainda segundo o especialista, o mundo está vivendo atualmente uma das maiores e mais rápidas transições energéticas, e o foco está nas renováveis. “Então, foi abordado como se tornar eficiente frente às mudanças climáticas, frente ao aumento de temperatura e metas extremamente agressivas para redução de emissão de gases de efeito estufa, tornando o clima como um grande aliado”, finalizou. 

Painel de vendas

Por volta das 17h30, o Canal Conecta realizou um painel sobre como alavancar vendas no setor fotovoltaico, que teve como convidados: Gustavo Tegon, diretor de negócios da Esfera Solar; Fábio Furtado, CEO da SolarZ; Neto Tosato, fundador da Projesol; Raphael Brito, proprietário e fundador da SolarPrime; e Rodrigo Matias, diretor Comercial da Ecori.

“Os temas abordados foram pertinentes, voltados para crescimento profissional em vendas, desenvolvimento da carreira em vendas, pós-venda e vários fatores que envolvem o crescimento da empresa em si para que a mesma não perca as oportunidades de negócio que está tendo no setor e, assim, consiga expandir em um mercado que tanto cresce”, destacou Tegon.

Painel de vendas com profissionais do setor solar. Foto: Canal Solar

Ao longo do painel, os palestrantes também deram dicas para os integradores, enfatizando a importância da capacitação no setor solar. “Existe uma real necessidade de aprendizado em um mercado onde as empresas estão se desenvolvendo, crescendo e deixando buracos na sua base”, ressaltou Tegon.

“Portanto, para todos os vendedores, para todos aqueles que trabalham com negócios no setor, é de extrema importância, são só técnica, como também comercial, para que as empresas fluam, que os negócios fluam com mais tranquilidade e que o crescimento das companhias seja mais contínuo”, concluiu. 

Henrique Hein

Henrique Hein

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como repórter do Jornal Correio Popular e da Rádio Trianon. Acompanha o setor elétrico brasileiro pelo Canal Solar desde fevereiro de 2021, possuindo experiência na mediação de lives e na produção de reportagens e conteúdos audiovisuais.