4 de março de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,9GW

Voltalia inaugura usinas solares no RN que somam 320 MW

As plantas fotovoltaicas fazem parte do maior cluster da empresa no mundo

Autor: 14 de novembro de 2022Projetos
3 minutos de leitura
Voltalia inaugura usinas solares no RN que somam 320 MW

Solar Serra do Mel 1 &2. Foto: Voltalia/Divulgação

A Voltalia, empresa produtora de energia renovável e prestadora de serviços, inaugurou na última quarta-feira (09) as usinas Solar Serra do Mel 1 (SSM 1) e Solar Serra do Mel 2 (SSM 2), no Cluster Serra Branca, localizado entre os municípios de Serra do Mel e Areia Branca, no Rio Grande do Norte.

As plantas solares somam 320 MW de capacidade instalada e fazem parte do maior cluster da companhia no mundo, que possui potencial de 2,4 GW e conta com diversas usinas em operação e centenas de megawatts de projetos em desenvolvimento.

Em outubro, quando os empreendimentos fotovoltaicos atingiram 100% de operação comercial, a Voltalia alcançou o marco de mais de 1 GW em operação no Rio Grande do Norte.

Fátima Bezerra, governadora do Rio Grande do Norte, destacou que a inauguração de mais um grande empreendimento voltado à produção de energia renovável no estado traduz o esforço da gestão para dialogar e gerar condições competitivas, necessárias para atrair os investimentos.

“Há alguns anos a empresa chegou desenvolvendo parques eólicos, depois inaugurou o Centro de Operações, que é referência mundial, e agora dá mais um passo importante, que é a inauguração da sua maior usina solar no mundo”, acrescentou Silvio Torquato, secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico do estado do Rio Grande do Norte.

Já Marina Melo, presidente da Potigás, lembrou a importância da parceria entre o estado potiguar e o setor privado. “Esses projetos reforçam o pioneirismo do Rio Grande do Norte na transição energética”.

Segundo Bibiano de Azevedo, prefeito de Serra do Mel, o Cluster Serra Branca desempenha um papel fundamental na região. “Os empreendimentos da Voltalia contribuíram para o fortalecimento da economia e para o desenvolvimento local, com geração de empregos e apoio a projetos sociais”, completou.

“É com muita honra que inauguramos aqui a nossa maior planta solar no mundo. Há anos investimos no Rio Grande do Norte, pois acreditamos no potencial e nas riquezas naturais do estado para a transição energética”, destacou Robert Klein, CEO da Voltalia no Brasil.

Mais sobre as usinas

As usinas solares SSM 1&2 possuem contratos privados de venda de energia de longo prazo firmados com várias empresas, incluindo clientes como Copel e Braskem. Em março, a Voltalia anunciou que a STOA, fundo de investimentos especializado em projetos de infraestrutura, adquiriu 33% dessas plantas, tornando-se acionista minoritário do empreendimento.

“Esse investimento na usina Solar Serra do Mel junto com a nossa parceira Voltalia é o terceiro da STOA no Brasil, desde que começamos a operar no país no final de 2018, com foco na transição energética”, comentou Marie-Laure Mazaud, CEO da STOA.

“O empreendimento confirma a atratividade da oferta da STOA para produtores de energia como a Voltalia, que buscam capital de longo prazo. Estamos felizes que a construção aconteceu conforme o cronograma inicial e que consegui participar hoje da inauguração oficial do parque”, ressaltou.

As plantas solares SSM 1&2 começaram a ser construídas no ano passado e geraram centenas de empregos diretos e indiretos. “Com o início da operação das usinas, alcançamos mais de 1 GW de operação comercial no Rio Grande do Norte. Agora, seguimos na construção das usinas Solar Serra do Mel 3, 4, 5 & 6, que possuem capacidade instalada de 260 MW”.

“A previsão é que elas entrem em operação no primeiro semestre de 2023, elevando em 80% a capacidade instalada do complexo híbrido”, concluiu Klein.

Mateus Badra

Mateus Badra

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020. Atualmente, é Analista de Comunicação Sênior do Canal Solar e possui experiência na cobertura de eventos internacionais.