16 de agosto de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5,61GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 12,2W

Arenas das Olimpíadas de Tóquio utilizam painéis de energia solar

Sinônimo de tecnologia, Japão investe pesado e tem arenas sustentáveis

Autor: 16 de julho de 2021Brasil
Arenas das Olimpíadas de Tóquio utilizam painéis de energia solar

Palco de diversas competições que vão integrar os Jogos Olímpicos de Tóquio, a arena Musashino Forest Sport Plaza localizada em Chōfu, é um dos espaços que se destaca pela sustentabilidade por possuir teto com painéis de energia solar, responsável por abastecer parte do local. 

O espaço multiúso receberá as provas de badminton e pentatlo moderno, e o basquete em cadeira de rodas da Paraolimpíada. A arena foi a primeira a ser entregue e teve um custo estimado de US$ 300 milhões, com capacidade para 7,2 mil torcedores. 

Outro local que será palco das competições é a Ariake Arena, situada na cidade que dá origem ao seu nome. O espaço sediará as competições olímpicas de vôlei e as paralímpicas de basquete. 

Com uma capacidade de 15 mil torcedores, a estrutura do local conta com painéis solares que cobrem o teto curvado projetados de maneira a evitar os reflexos de luz em direção aos edifícios próximos. O local possui ainda captores térmicos e bombas geotérmicas com o objetivo de reduzir as emissões de CO₂.

Após serem adiados em decorrência à pandemia de Covid-19, os Jogos Olímpicos de Tóquio serão disputados entre os dias 23 de julho e 8 de agosto, e contam com as arenas mais modernas do mundo. 

As instalações construídas, ou reformadas, especialmente para a competição oferecem o que há de mais inovador no esporte, principalmente com relação a técnicas de sustentabilidade e preservação do meio ambiente utilizadas em boa parte dos espaços, a começar pelo Estádio Olímpico, principal palco dos Jogos.

O estádio, concluído no final de 2019, sediará as cerimônias de abertura e encerramento dos jogos, e as competições de atletismo. Com um design que foca em promover a eficiência energética, permitindo o fluxo de ar natural para evitar a dependência de ar-condicionado durante o calor do verão japonês.

Mariana Zilli

Mariana Zilli

Atuou no Projor (Instituto para o Desenvolvimento do Jornalismo) na mediação e no mapeamento de veículos de imprensa em funcionamento. Possui experiência como assessora de imprensa e produtora de conteúdo para redes sociais.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.