1 de março de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,9GW

Câmara de Porto Alegre protocola pedido de CPI para investigar distribuidora

Defensoria Pública também cobrou a CEEE Equatorial quanto a demora no restabelecimento da energia elétrica no Estado

Autor: 19 de janeiro de 2024Setor Elétrico
3 minutos de leitura
Câmara de Porto Alegre protocola pedido de CPI para investigar distribuidora

Mais 350 mil pontos de comércio e residências estão sem luz por causa das chuvas no Rio Grande do Sul. Foto: Cesar Lopes/PMPA

A Câmara Municipal de Porto Alegre protocolou, nesta quinta-feira (18), um pedido para abertura de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) com o objetivo de investigar a CEEE Equatorial, concessionária responsável pelo fornecimento de energia elétrica no Rio Grande do Sul.

O pedido acontece em meio aos temporais que atingem diversas cidades da região. Em todo o estado, mais 350 mil pontos de comércio e residências ainda estão sem luz por causa do temporal de terça-feira (16), sendo a capital o município mais afetado pela falta de luz. 

A CPI deverá apurar o cumprimento do cronograma de manutenção da rede elétrica por parte da concessionária, bem como o real estado estrutural do sistema elétrico de distribuição e fornecimento de energia e o relacionamento da concessionária com seus clientes. 

Além disso, a CPI também deve investigar qual é o planejamento e a execução do plano de pronta resposta da empresa para religamento do sistema após as chuvas e a composição do quadro de funcionários diretos e contratados da concessionária.  

O pedido pela abertura da CPI foi protocolado pela vereadora Cláudia Araújo (PSD-RS) e será analisado após o fim do recesso parlamentar, a partir de 1º de fevereiro. 

Defensoria Pública cobra explicações

Diante de milhares de pessoas que seguem sem energia elétrica no Rio Grande do Sul, a Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul também cobrou, nesta quinta-feira (18), a CEEE Equatorial por informações e providências quanto a demora no restabelecimento do serviço público.

No ofício, a defensoria solicitou informações sobre quantas equipes estão trabalhando e como estão organizadas, qual a previsão para o restabelecimento total da energia elétrica nos municípios de concessão da distribuidora, o que está sendo feito antes e depois e se houve um plano de contingência, especialmente a partir da previsão e do anúncio com antecedência do temporal pela Defesa Civil e pelo Governo do Estado.

O que diz a concessionária de energia?

A CEEE Equatorial informou, por meio da sua conta no X – 0 antigo Twitter – que mais de 80% dos clientes afetados pelos temporais do dia 16 de janeiro já estão com sua energia restabelecida.

“Equipes de outros estados do Grupo Equatorial seguem mobilizadas para agilizar a normalização completa. Continuamos dedicados a restabelecer 100% do fornecimento de energia”, destacou o comunicado. 


Todo o conteúdo do Canal Solar é resguardado pela lei de direitos autorais, e fica expressamente proibida a reprodução parcial ou total deste site em qualquer meio. Caso tenha interesse em colaborar ou reutilizar parte do nosso material, solicitamos que entre em contato através do e-mail: [email protected].

Henrique Hein

Henrique Hein

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como repórter do Jornal Correio Popular e da Rádio Trianon. Acompanha o setor elétrico brasileiro pelo Canal Solar desde fevereiro de 2021, possuindo experiência na mediação de lives e na produção de reportagens e conteúdos audiovisuais.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.