5 de julho de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5.09GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 11,3W

Empresa investe US$ 10 milhões no mercado fotovoltaico

Objetivo do Grupo Melo Cordeiro é integrar diferentes elos da cadeia e dar segurança aos consumidores

Autor: 6 de outubro de 2021novembro 1st, 2021Brasil
Empresa investe US$ 10 milhões no mercado fotovoltaico

O Grupo Melo Cordeiro anunciou um aporte de US$ 10 milhões para estruturar uma cadeia de soluções para o consumidor final no mercado fotovoltaico.

De acordo com a empresa, a decisão foi tomada em decorrência da projeção de uma necessidade futura que envolve manutenção, suporte, pós-venda e reavaliação de sistemas dessa fonte sustentável. 

Segundo Jorge Caparroz, diretor comercial da Cordeiro Soluções em Energia, o objetivo é integrar diferentes elos da cadeia e dar segurança aos consumidores por meio de um sistema de qualificação profissional e credenciamento.

“O segmento fotovoltaico em geração distribuída cresceu 140% no Brasil, em 2020, partindo de 1,8 para 4,3 GW de potência instalada, pelos dados da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica)”, destacou. 

“O setor deve avançar ainda mais neste ano, cerca de 70%, adicionando novos 3,5 GW. Com isso, os integradores precisarão de parceiros bem estruturados para garantir a entrega e a qualidade dos seus projetos”, disse o executivo.

Ademais, enfatizou que uma das ideias é lançar um programa de credenciamento de integradores, o que inclui a criação de uma plataforma educacional, denominada Unicordeiro, a fim de treinar e capacitar essa mão de obra que, entre outras coisas, também venderá os produtos que a companhia importará ou comprará no mercado nacional.

Pós-venda no mercado fotovoltaico

O pós-venda é considerado um dos gargalos do setor. A Cordeiro, cujos clientes nesse segmento são principalmente integradores e instaladores, comentou que montou uma estrutura de apoio técnico para projetos de engenharia, qualificação profissional e de assistência na obtenção de pareceres de acesso, além de assessoramento após a entrega do projeto, para a mensuração dos resultados.

De acordo com a empresa, os parceiros credenciados também terão acesso a condições especiais de preços na aquisição de equipamentos, já que a mesma comercializa kits completos de diversos fornecedores.

Na visão de Caparroz, com os avanços na regulação da modalidade, há um processo natural de amadurecimento e muitas instituições devem passar por fusões e aquisições. “Queremos que as pessoas identifiquem na Cordeiro um porto seguro, que saibam que estaremos aqui caso precisem de informações, de manutenção ou de uma reavaliação do sistema”, concluiu.

Leia mais: Dois terços das empresas globais miram zerar emissões de carbono

Mateus Badra

Mateus Badra

Atuou como produtor, repórter e apresentador na Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro há mais de dois anos, atuando nas editorias de Mercado e Tendências, Mobilidade Urbana, P&D e Equipamentos. Jornalista graduado pela PUC-Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.