27 de maio de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 4.99GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 10,7W

Fronius irá testar ônibus movido a hidrogênio e energia solar

De acordo com a fabricante, o veículo será utilizado no transporte público da Áustria

Autor: 18 de agosto de 2021Veículos elétricos
Fronius irá testar ônibus movido a hidrogênio e energia solar

A Fronius anunciou que irá testar, durante duas semanas na Áustria, o funcionamento do Solhub, um ônibus com H2V (hidrogênio verde) produzido localmente a partir de energia solar.

De acordo com a fabricante, o Solaris Urbino 12 Hydrogen será utilizado no transporte público da cidade de Wels. O veículo será abastecido diariamente com cerca de 13 kg de hidrogênio na sede de P&D (Pesquisa e Desenvolvimento) da empresa em Thalheim.

O processo, que leva cerca de 15 minutos, permite que o veículo percorra no mínimo 160 km dependendo das condições de uso. “O melhor é que o calor e o vapor são os únicos produtos resultantes da reação química na célula a combustível, que funciona como uma espécie de usina em miniatura. O abastecimento de hidrogênio é rápido, conveniente e pouco diferente de um carro a diesel”, disse Anna Mejer, CEO da Solaris Bus.

“Com o Solhub, oferecemos uma solução chave na mão completa que permite a produção local de H2V e seu uso para fornecer veículos com células de combustível”, comentou Martin Hackl, diretor global da Unidade de Negócios de Energia Solar da Fronius International GmbH.

Para o executivo, o maior desafio é a disponibilidade desta tecnologia. “O Fronius Solhub resolve esse problema produzindo diretamente no local usando energia fotovoltaica, eliminando a necessidade de longas rotas de transporte e importação prejudiciais ao meio ambiente, garantindo a geração de hidrogênio livre de emissões de CO2”, explicou. 

“É assim que mostramos que essa tecnologia funciona e que já é adequada para o uso diário”, acrescentou Thomas Rührlinger, do Departamento de Desenvolvimento de Soluções de Hidrogênio da Fronius International GmbH. 

Rührlinger ressaltou que, nos próximos anos, a expectativa é ver muitos mais casos de implementação por parte de clientes em empresas comerciais e de produção, autarquias e empresas de transportes, logística, turismo, bem como utilizadores de veículos especiais e no âmbito das comunidades de energias renováveis.

Mateus Badra

Mateus Badra

Atuou como produtor, repórter e apresentador na Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro há mais de dois anos, atuando nas editorias de Mercado e Tendências, Mobilidade Urbana, P&D e Equipamentos. Jornalista graduado pela PUC-Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.