16 de agosto de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5,61GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 12,2W

Primeira escola pública do DF recebe instalação de sistema FV

Economia obtida com solar possibilitará o investimento em projetos pedagógicos ou outros que a instituição necessite

Autor: 8 de julho de 2022Projetos
Primeira escola pública do DF recebe instalação de sistema FV

A usina instalada no Cemi possui 80 módulos fotovoltaicos. Foto: Divulgação/Emater-DF

Instituições de ensino de diferentes regiões do Brasil estão reduzindo os gastos com energia apostando em projetos sustentáveis. Como é o caso do Cemi (Centro de Ensino Médio Integrado à Educação Profissional) do Gama (DF).

Inclusive, esta é a primeira escola pública no Distrito Federal a receber um sistema de energia solar. Ao total, foram instalados 80 painéis de 510 W e dois inversores por meio do Programa de Incentivo às Energias Renováveis da Emater-DF.

Com isso, a Secretaria de Educação e o Governo do Distrito Federal reduzirão em 95% a conta de luz na escola – uma economia calculada em R$ 48 mil por ano.

Segundo o Órgão, foram investidos R$ 150 mil para a construção da planta. “O colégio vai gerar R$ 4 mil por mês de economia para as contas públicas. Isso é dinheiro bem investido”, destacou o especialista em gestão ambiental Tupac Petrillo, assessor técnico da Emater-DF.

“A importância desse projeto vai além da economia, tem o lado da consciência de preservação do nosso meio ambiente, de mudança de pensamento, de paradigmas” ressaltou Hélvia Paranaguá, secretária de Educação.

“A hora que esse investimento for pago, será só economia gerada e esse recurso, que hoje é entregue para pagamento de conta de luz, poderá ser investido em projetos pedagógicos ou outros que a escola queira e necessite”, acrescentou.

Inversores da Deye utilizados no sistema. Foto: Divulgação/Emater-DF

Inversores da Deye utilizados no sistema. Foto: Divulgação/Emater-DF

Para Denise Fonseca, presidente da Emater, a instalação de sistemas fotovoltaicos em escolas públicas é importante como inovação tecnológica e apresenta um ambiente demonstrativo, educativo e de treinamento.

“Ademais, transmite o conceito de gestão ambiental e eficiência energética no setor público. Questões que devem ser difundidas no campo e na cidade. Neste ano, a Emater-DF também concluiu a instalação de usinas solares em 12 escritórios da empresa”, enfatizou.

Lafaiete Formiga, diretor do Cemi, também comentou a importância do projeto e destacou que, além de tornar a escola autossustentável em energia, o sistema fortalece o trabalho de iniciação científica focado em sustentabilidade, por meio de energias renováveis e biodiesel.

Reaproveitamento de água da chuva

Foram investidos R$ 25 mil no projeto, recursos também de emenda parlamentar. Foto: Divulgação/Emater-DF

Foram investidos R$ 25 mil no projeto, recursos também de emenda parlamentar. Foto: Divulgação/Emater-DF

Na instituição, também foi implantado, por meio da Emater-DF, um sistema de captação de água das chuvas. O mesmo vai permitir o armazenamento de água para irrigação da horta (que está em fase de implantação) e uso conforme a necessidade, como para limpeza do pátio.

Mateus Badra

Mateus Badra

Atuou como produtor, repórter e apresentador na Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020, atuando nas editorias de Mercado e Tendências, Mobilidade Urbana, P&D e Equipamentos. Jornalista graduado pela PUC-Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.