4 de março de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,9GW

Procura por seguros para sistemas FV cresce mais de 170%

Mais de R$ 4 milhões foram faturados pela Bradesco Seguros com oferecimento do serviço em 2022

Autor: 19 de dezembro de 2022Brasil
2 minutos de leitura
Procura por seguros para sistemas FV cresce mais de 170%

Cada vez mais seguradoras oferecem coberturas para sistemas FV no Brasil. Foto: Freepik.

A Bradesco Seguros registrou um aumento de 173% no faturamento de seguros para equipamentos do sistema de energia solar no Brasil em 2022.

De acordo com a empresa, somente entre os meses de janeiro e setembro deste ano foram R$ 4,1 milhões acumulados. Em 2021, o saldo foi de R$ 1,5 milhões ao longo dos doze meses do ano.

O crescimento desta modalidade de seguro tem relação direta com a expansão do setor fotovoltaico no país, sobretudo no segmento de micro e minigeração distribuída.  

De acordo dados oficiais da ANEEL (Agência Nacional de Energia elétrica), a geração própria de energia solar soma neste ano mais de 6,25 GW de potência instalada, um crescimento de 36,2% em relação ao ano completo de 2021, com 4,58 GW. 

Como funciona o seguro para energia solar?

Os riscos de danos nos sistemas de energia solar estão relacionados à instalação e execução dos projetos, bem como os danos naturais, causados por vendavais, chuvas, incêndio, raios, entre outros.

Leia também:

Por causa disso, várias seguradoras passaram nos últimos anos a oferecer diversos tipos de coberturas para a tecnologia, que podem ser contratadas tanto pelo proprietário do imóvel que possui o sistema quanto pelo empresário que vende e/ou instala as placas fotovoltaicas. 

O assunto já foi explorado mais a fundo pelo Canal Solar, com um episódio de webinário completo sobre o tema. Confira abaixo!

Seguros aplicáveis à energia solar

 

Henrique Hein

Henrique Hein

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como repórter do Jornal Correio Popular e da Rádio Trianon. Acompanha o setor elétrico brasileiro pelo Canal Solar desde fevereiro de 2021, possuindo experiência na mediação de lives e na produção de reportagens e conteúdos audiovisuais.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.