27 de maio de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5.02GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 10,7W

Schneider e Stäubli modernizam projeto FV para comunidades ribeirinhas

Programa Villa Smart leva energia solar por 24 horas a povoados que atualmente recebem até turistas

Autor: 11 de fevereiro de 2022fevereiro 14th, 2022Brasil
Schneider e Stäubli modernizam projeto FV para comunidades ribeirinhas

A parceria feita com a Fundação Amazônia Sustentável permite avanços aos moradores da região

Há 10 anos, as comunidades ribeirinhas de Tumbira e Santa Helena do Inglês contavam com energia por apenas 11 horas por dia, mas isso é coisa do passado.

Isso porque a Schneider Electric, em parceria com a Stäubli, modernizou o projeto Villa Smart implantado na localidade.

Com as ações das empresas, as duas comunidades começaram a contar com energia limpa 24 horas por dia através de um sistema fotovoltaico off-grid.

A modernização se deu por meio do Programa de Acesso à Energia que realiza ações para assegurar a eletrificação rural coletiva e individual.

Para a modernização do sistema, a Stäubli doou os conectores MC4. Segundo Bruno Caumo, coordenador de Comunicação e Marketing da Stäubli, a parceria para a Villa Smart é o começo de novos projetos que vão surgir na região em conjunto com a FAS (Fundação Amazônia Sustentável). “Estamos estudando novas parcerias que serão divulgadas futuramente, a Villa Smart é uma ótima referência para continuarmos levando energia para região”, explica.

A parceria feita com a Fundação Amazônia Sustentável permite avanços aos moradores da região,  promovendo autonomia, benefícios para a educação de empreendedores da bioeconomia local.

Impactos bioeconômicos

Antes do projeto chegar até as comunidades, além dos moradores terem as horas contadas para serviços essenciais, como postos de saúde e escolas, o custo familiar médio era de R$ 104,40. A emissão de gases poluentes também era maior e chegavam há duas toneladas, a média mensal de combustíveis fósseis era 1,2 mil litros de diesel por dia. Com a Villa Smart o custo familiar caiu para R$ 55,68. Além disso, o consumo de diesel caiu  50% e a formação técnica dos ribeirinhos expandiu-se para 19 comunidades.

Tecnologia Inteligente

A Villa Smart emprega painéis solares e armazenamento da energia em baterias. Para isso, é utilizado energias renováveis em substituição dos geradores a diesel reduzindo o índice de emissões de CO2. Além da instalação do sistema fotovoltaico, a Schneider se comprometeu em qualificar os moradores quanto ao manuseio da tecnologia, à conservação e à manutenção do produto.

Atualmente, o modelo de energia oferecido pelo sistema brasileiro possui barreiras que impedem que pequenos povoados tenham acesso à eletricidade, como é o caso de cerca de 4 mil localizadas no Estado do Amazonas. 

 

Marise Vieira

Marise Vieira

Jornalista formada pela Unis’Atanna (SP). Acompanha o setor elétrico brasileiro há mais de cinco anos. Atuou como assessora de imprensa na ABiogás, Itaipu e Enel. Faz especialização em Energia, Inovação e Sustentabilidade na Pontifícia Universidade Católica.

Um comentário

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.