27 de maio de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5.02GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 10,7W

O que falta para o armazenamento de energia decolar no Brasil?

Segundo Alexandre Correa, diretor da Brasal Energia, o país é carente de incentivos

Autor: 11 de fevereiro de 2022Brasil
O que falta para o armazenamento de energia decolar no Brasil?

Mercado de armazenamento no Brasil poderá atingir capacidade de geração de 18 GWh. Foto: Canal Solar

De acordo com a BNEF (BloombergNEF), as instalações de armazenamento de energia atingirão 358 GW até o final de 2030 no mundo, mais de vinte vezes do que os 17 GW no final de 2020.

No Brasil, projeções da NewCharge Energy apontam que este mercado poderá alcançar uma capacidade de geração de 18 GWh e um faturamento de mais de R$ 40 bilhões até 2030.

Leia mais: Perspectivas para o mercado de armazenamento de energia no Brasil

Leia mais: Preço das baterias de íon-lítio cai 89% em 2021

Não há dúvidas que o cenário é animador. No entanto, para que o armazenamento com baterias decole e atinja estas marcas é preciso alguns incentivos. É o que afirmou Alexandre Correa, diretor da Brasal Energia.

O Canal Solar foi a Brasília e conversou com o executivo, que discorreu sobre a importância das baterias para o setor solar e apresentou ainda para a nossa equipe o primeiro showroom industrial de armazenamento de energia conectado à rede, instalado na fábrica da Brasal Refrigerantes. Confira!

Mateus Badra

Mateus Badra

Atuou como produtor, repórter e apresentador na Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro há mais de dois anos, atuando nas editorias de Mercado e Tendências, Mobilidade Urbana, P&D e Equipamentos. Jornalista graduado pela PUC-Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.