27 de maio de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5.02GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 10,7W

SMA anuncia inversor híbrido Sunny Tripower Smart Energy no Brasil

Fabricante acredita que Portaria do Inmetro que regularizará os inversores híbridos será um marco importante para o setor

Autor: 3 de março de 2022março 28th, 2022Brasil
SMA anuncia inversor híbrido Sunny Tripower Smart Energy no Brasil

Equipamento está disponível em quatro classes de potência e é direcionado para utilização em residências

O inversor híbrido SMA Sunny Tripower Smart Energy já está disponível ao mercado brasileiro. O anúncio foi feito pela fabricante nesta quinta-feira (4).

Segundo a companhia, o equipamento está disponível em quatro classes de potência (5 kW, 6 kW, 8 kW e 10 kW) e é direcionado para utilização em residências.

“Com o Sunny Tripower Smart Energy, a SMA deu mais um passo importante no caminho para um fornecimento de energia independente, econômica e amiga do clima”, afirma Jan Van Laethem, vice-presidente executivo da unidade de negócios Home Solutions da SMA.

Ainda de acordo com a fabricante, o novo inversor amplia o leque de possibilidades oferecidas pelo SMA Energy System Home. “Trata-se de um kit compacto, modelo 2 em 1, que permite que residências e pequenas empresas usem energia fotovoltaica autogerada de forma ainda mais flexível”, informou a empresa em comunicado à imprensa.

A SMA ainda destacou que um dos benefícios do inversor híbrido é a redução dos custos de estações de carregamento para veículos elétricos, que podem ser facilmente conectados através de interfaces integradas. Ademais, informou que o fornecimento automático de corrente de backup integrado no inversor garante que os equipamentos de consumo continuem a funcionar em caso de apagão.

“O novo inversor híbrido é uma extensão inovadora do SMA Energy System Home e é a solução ideal para gerar, armazenar e utilizar energia fotovoltaica de forma confortável e moderna. O sistema permite que nossos clientes reduzam consideravelmente seus custos de energia e os custos associados à mobilidade e geração de calor. Ao mesmo tempo, eles também podem atender às suas próprias demandas por um fornecimento sustentável de energia e proteção climática”, acrescenta Laethem.

A SMA ainda esclareceu que o inversor é compatível com baterias acopladas DC de alta tensão e ele pode ser usado em sistemas fotovoltaicos novos e existentes. Ademais, o equipamento pode ser comissionado de forma rápida e intuitiva com a ajuda do aplicativo instalador SMA 360°, sem ter que abrir o dispositivo. O sistema possui o software SMA ShadeFix, que tem como objetivo obter o máximo desempenho energético em caso de sombras e garantir a maior segurança possível.

Regulamentação dos inversores híbridos no Brasil

Fontes do setor solar informaram ao Canal Solar que o Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) deve apresentar em breve uma atualização da Portaria nº 004/2011 para que os inversores híbridos sejam regulamentados no mercado fotovoltaico brasileiro. 

Hoje, segundo as normas brasileiras, não existe um regulamento para a utilização dos inversores híbridos conectados à rede. A legislação permite apenas a instalação de inversores para fontes renováveis conectadas à rede elétrica, mas a operação com baterias, no modo on-grid ou off-grid, ainda não é regulamentada.

André Gellers, country manager da SMA,  destaca que a medida representará um marco para o setor de energia solar. “Os sistemas híbridos já são uma realidade no Brasil. Hoje existem muitos inversores instalados que não fazem injeção na rede. Acredito que já passou da hora de termos uma regulamentação que ajude essa tecnologia a contribuir com a geração de energia”, afirmou. 

Ericka Araújo

Ericka Araújo

Desde 2020, acompanha o mercado fotovoltaico. Possui experiência em produção de podcast, programas de entrevistas e elaboração de matérias jornalísticas. Em 2019, recebeu o Prêmio Jornalista Tropical 2019 pela SBMT (Sociedade Brasileira de Medicina Tropical) e o Prêmio FEAC de Jornalismo. Já atuou como repórter e apresentadora da Rádio Brasil Campinas. Formada pela PUC Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.