SMA registra crescimento de 23% nas vendas nos primeiros 9 meses de 2020

A empresa obteve um faturamento de € 774 milhões, frente aos € ​​631 milhões registrados em 2019

A fabricante de inversores SMA obteve um faturamento de € 774 milhões (R$ 4.867 bilhões) nos primeiros nove meses de 2020, o que corresponde a uma alta de 23% frente aos € ​​631 milhões (R$ 3.968 bilhões) registrados no mesmo período do ano passado.

Ainda segundo balanço divulgado pela empresa, de janeiro a setembro deste ano, a fabricante vendeu inversores com uma potência total de cerca de 10,7 GW, ante 7,5 GW computados em 2019. 

Ademais, a companhia destacou que o EBITDA – indicador financeiro que mostra o potencial de geração de caixa – saltou de € ​​26 milhões (R$ 1.635 bilhões) no ano passado para € 41 milhões (R$ 2.578 bilhões) em 2020. 

“Os efeitos da crise global do coronavírus representaram grandes desafios para a SMA nos últimos nove meses. No entanto, estou satisfeito pois geramos um crescimento significativo nas vendas e nos lucros e, assim, conquistamos participação de mercado. Isso foi graças ao forte compromisso de nossos funcionários e à estreita colaboração contínua com nossos clientes e fornecedores”, destacou Jürgen Reinert, CEO da SMA.

“Estamos monitorando o desenvolvimento da pandemia da Covid-19 de perto para que possamos continuar a reagir rapidamente em todos os momentos. Como antes, o Conselho de Administração espera que a SMA atinja sua orientação de vendas e ganhos no ano fiscal atual”, acrescentou. 

No longo prazo, o executivo enxerga um grande potencial para a empresa na reestruturação global da economia em direção a mais sustentabilidade e, em última instância, neutralidade climática.

“A próxima alteração da Lei das Fontes de Energia Renovável deve, portanto, ser usada para acelerar a instalação urgente de capacidade fotovoltaica”, concluiu Reinert.

Previsões

A empresa divulgou ainda a sua projeção para o ano fiscal completo. Ela espera aumentar as vendas em cerca de € 1,0 bilhão (R$ 6.289 bilhões). Já o EBITDA está estimado em torno de € 50 milhões e € 80 milhões (R$ 300/500 milhões)

Imagem de Mateus Badra
Mateus Badra
Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal