2 de julho de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5.09GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 11,3W

SolarEdge Designer: Modelagem e posicionamento dos módulos

Veja como fazer a modelagem do telhado de uma residência e a distribuição dos módulos fotovoltaicos

Autor: 21 de junho de 2021dezembro 28th, 2021Inversores
SolarEdge Designer: Modelagem e posicionamento dos módulos

Ferramenta é acessível online, diretamente do navegador web, sem a necessidade de instalação de software em sua máquina local

O SolarEdge Designer é um software de modelagem e simulação de sistemas fotovoltaicos disponível gratuitamente na internet. 

O aplicativo é disponibilizado pela SolarEdge, fabricante de inversores e otimizadores de potência. 

O SolarEdge Designer assemelha-se muito ao Helioscope, uma ferramenta bastante conhecida dos projetistas de sistemas fotovoltaicos – porém este último é um software pago.

A ferramenta é acessível online, diretamente do navegador web, sem a necessidade de instalação de software em sua máquina local. 

A principal função do aplicativo é permitir realizar, de forma rápida e intuitiva, a modelagem e a simulação de sistemas fotovoltaicos. 

As simulações de geração de energia estão restritas a sistemas empregando inversores e otimizadores da SolarEdge, mas também é possível usar o software apenas para fazer estudos de posicionamento de módulos fotovoltaicos, como vamos mostrar a seguir.

O objetivo deste primeiro artigo sobre o SolarEdge Designer é mostrar como é feito o acesso à ferramenta, mostrar como se faz a modelagem do telhado de uma residência e como é feita a distribuição dos módulos fotovoltaicos sobre o telhado.

Acesso ao SolarEdge Designer

Para usar a ferramenta é necessário acessar este endereço e criar uma conta na plataforma da SolarEdge.

Figura 1: Primeiro passo para a criação de uma conta na plataforma da SolarEdge

Figura 1: Primeiro passo para a criação de uma conta na plataforma da SolarEdge. Imagem: Reprodução/SolarEdge

Você precisará fornecer alguns dados seus, num processo muito rápido. Em seguida você será direcionado à tela onde o Designer estará acessível, como mostra a Figura 2. 

Figura 2: Opção de acesso ao Designer na plataforma da SolarEdge

Figura 2: Opção de acesso ao Designer na plataforma da SolarEdge. Imagem: Reprodução/SolarEdge

Ao acessar a opção “Abra o Designer”, a ferramenta se abrirá para você, como mostra a Figura 3. 

Ao adentrar a ferramenta, a primeira mensagem que recebemos é de que não existem ainda projetos (NO EXISTING PROJECTS) e o sistema está à espera da criação do nosso primeiro projeto.

Na tela ilustrada na Figura 3, deve-se clicar sobre o sinal de “+” para criar um projeto.

Figura 3: Tela inicial do SolarEdge Designer, aguardando a criação do primeiro projeto

Figura 3: Tela inicial do SolarEdge Designer, aguardando a criação do primeiro projeto. Imagem: Reprodução/SolarEdge

Antes de dar o próximo passo, precisamos descobrir a localização do projeto. Um recurso muito poderoso do SolarEdge Designer é permitir buscar imagens de satélite do local escolhido, bastando informar as coordenadas geográficas ou o endereço da instalação.

Para encontrar as coordenadas geográficas do local de instalação pode-se recorrer a ferramentas como o “Google Maps”, conforme mostra a Figura 4.

Figura 4: Tela do Google Maps, onde podemos encontrar as coordenadas geográficas de qualquer local

Figura 4: Tela do Google Maps, onde podemos encontrar as coordenadas geográficas de qualquer local. Imagem: Reprodução/SolarEdge

Na tela de criação do projeto vamos inserir as coordenadas obtidas (Figura 5) e automaticamente obter a imagem de satélite do local de instalação. 

Se você não tiver as coordenadas do local, pode fazer diretamente a busca por endereço diretamente no SolarEdge Designer, sem a necessidade de recorrer ao Google Maps.

A Figura 6 mostra o resultado da busca do local da instalação, que neste caso ocorreu a partir de coordenadas geográficas já conhecidas.

Figura 5: Campo de inserção de coordenadas ou de busca por endereço. Imagem: Reprodução

Figura 5: Campo de inserção de coordenadas ou de busca por endereço. Imagem: Reprodução/SolarEdge

Figura 6: Tela de criação do projeto com a aba PROJECT INFO (informações do projeto) e a imagem de satélite do local escolhido. Imagem: Reprodução

Figura 6: Tela de criação do projeto com a aba PROJECT INFO (informações do projeto) e a imagem de satélite do local escolhido. Imagem: Reprodução/SolarEdge

O passo seguinte é ampliar a imagem através dos botões de “+” e “-” localizados no canto inferior direito da tela. 

Em seguida deve-se criar um polígono que delimita o telhado. A criação do polígono é acessível no ícone mostrado na Figura 7.

Não se preocupe em desenhar os elementos internos do polígono, para definir as águas do telhado. O SolarEdge Designer fará isso automaticamente para você, bastando clicar no botão “Inner edges” (arestas internas), mostrado na Figura 8.

Figura 7: Delimitação do polígono do telhado

Figura 7: Delimitação do polígono do telhado. Imagem: Reprodução/SolarEdge

Figura 8: Definição das linhas internas do telhado com a ferramenta “Inner edges”

Figura 8: Definição das linhas internas do telhado com a ferramenta “Inner edges”. Imagem: Reprodução/SolarEdge

O telhado onde vamos implantar nosso sistema fotovoltaico possui uma caixa d’água. É importante definir este objeto pois ele vai restringir a área de colocação dos módulos fotovoltaicos e também será um objeto causador de sombras, o que vai afetar a geração de energia.

A Figura 9 mostra a definição do objeto com a ferramenta “Obstacles” (obstáculos). Define-se um retângulo com a demarcação de dois pontos.

Este retângulo é apenas uma superfície e o objeto desenhado ainda não se tornou um volume. A definição do volume (com a informação da dimensão no eixo “z”) será feita na visualização tridimensional do modelo, como veremos a seguir.

Figura 9: Definição de um obstáculo causador de sombra, que neste caso é uma caixa d’água.

Figura 9: Definição de um obstáculo causador de sombra, que neste caso é uma caixa d’água. Imagem: Reprodução/SolarEdge

Para definir a dimensão vertical (altura) da caixa d’água vamos acessar a visualização 3D, como mostra a Figura 10, e em seguida criar o volume.

Para criar o volume, clicamos na superfície retangular e a arrastamos para cima, segurando o mouse. 

Figura 10: Visualização 3D do projeto e definição da altura da caixa d’água.

Figura 10: Visualização 3D do projeto e definição da altura da caixa d’água. Imagem: Reprodução/SolarEdge

Finalmente, estamos prontos para fazer a inserção dos módulos fotovoltaicos no telhado. Clique em PV MODULE PLACEMENT (na barra vertical à esquerda). 

Em seguida escolha a área onde deseja inserir os módulos e clique na aresta que será escolhida como referência, como mostra a Figura 11. 

Figura 11: Seleção da área de inserção de módulos e da aresta de referência. Imagem: Reprodução/SolarEdge

Figura 11: Seleção da área de inserção de módulos e da aresta de referência. Imagem: Reprodução/SolarEdge

Após a seleção da aresta de referência abre-se um quadro que contém as informações dos módulos que serão inseridos: inclinação, azimute, espaçamento, posição (retrato ou paisagem). Os dois primeiros parâmetros são definidos automaticamente a partir das características do telhado.

Para dar início ao posicionamento dos módulos deve-se acessar a opção “Add PV modules” e definir uma área retangular sobre a superfície escolhida, como mostra a Figura 12. O SolarEdge Designer vai posicionar automaticamente os módulos, de acordo com o espaço disponível. 

Tudo terminado, podemos obter a visualização 3D do projeto com os módulos posicionados. Uma bela imagem para mostrar ao seu cliente.

Figura 12: Posicionamento automático dos módulos fotovoltaicos sobre a área escolhida.

Figura 12: Posicionamento automático dos módulos fotovoltaicos sobre a área escolhida. Imagem: Reprodução/SolarEdge

Figura 13: Visualização 3D do projeto com a inserção de módulos finalizada.

Figura 13: Visualização 3D do projeto com a inserção de módulos finalizada. Imagem: Reprodução/SolarEdge

Conclusão

Neste artigo aprendemos a fazer a modelagem de um sistema fotovoltaico, incluindo a definição geométrica do telhado e o posicionamento dos módulos fotovoltaicos.

Nos próximos artigos desta série vamos abordar as características elétricas do projeto, o estudo de sombras e a simulação da geração de energia.

Canal Solar

Canal Solar

Equipe de Engenharia do Canal Solar

Um comentário

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.