Trina Solar adquire espanhola Nclave e entra no segmento de tracker

Fabricante de equipamentos fotovoltaicos anuncia aquisição de 49% das ações restantes da Nclave

A Trina Solar anunciou, nesta terça-feira (15), a aquisição de 49% das ações restantes da Nclave, tornando a empresa uma subsidiária integral da fabricante de módulos solares.

Em maio de 2018, a Trina adquiriu 51% das ações da Nclave, sendo a primeira empresa fotovoltaica chinesa a adquirir uma companhia estrangeira de sistemas de seguidores solares. 

De acordo com a fabricante, a aquisição da participação restante é uma decisão estratégica importante visando fortalecer ainda mais a competitividade da empresa no setor.

Com a aquisição das últimas ações, a Trina fornecerá seguidores solares para o mercado global, com as vantagens geradas pelas inovações tecnológicas da NClave, bem como sua experiência nas áreas de P&D (Pesquisa e Desenvolvimento), produção e vendas de trackers.

“O histórico de tecnologia da Nclave na área de seguidores inteligentes, combinado à liderança em pesquisa e desenvolvimento na área fotovoltaica do State Key Laboratory, da Trina, vai aprimorar ainda mais nossas soluções completas, bem como a eficiência dos nossos produtos seguidores solares”, disse Wu Qun, secretário do Conselho de Diretores da Trina Solar.

“Continuaremos a otimizar a integração e promover a sinergia entre módulos de potência ultra-alta e seguidores solares da Nclave, para atender às necessidades dos nossos consumidores e gerar um valor maior para nossos clientes”, concluiu Qun.

Mercado e seguidores fotovoltaicos

De acordo com o “Relatório Global do Cenário de Seguidores Fotovoltaicos de 2019”, feito pela GTM Research, a taxa de crescimento do mercado de seguidores solares chegou a 66% em 2019, maior do que os 24% atingidos em 2017 e 36% em 2018.

No relatório, a Nclave é listada como parte dos “Top 10 Seguidores Fotovoltaicos de 2019”, com apenas outra empresa chinesa neste top 10.

Imagem de Mateus Badra
Mateus Badra
Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal