20 de setembro de 2021
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 3,83GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 6,90GW

Carrinho

Hospital de Campinas (SP) economizará 10% na conta de luz com solar

As obras começaram em julho e a previsão é que terminem até a primeira quinzena de setembro deste ano

Autor: 6 de setembro de 2021setembro 8th, 2021Brasil
Hospital de Campinas (SP) economizará 10% na conta de luz com solar

Diversas instituições de saúde estão apostando em tecnologia limpa e renovável, seja no estado do Rio Grande do Sul, Espírito Santo ou São Paulo. Dessa vez, quem está instalando um sistema fotovoltaico é o Hospital Maternidade de Campinas, localizado no interior paulista. 

De acordo com a CPFL Paulista, responsável pelo empreendimento, a planta possui 124,20 kWp e foi construída numa área de 828 m². Ao total, utilizaram 360 painéis de 325 W da Risen Energy e um inversor de 100 kW da WEG. 

O consumo médio mensal do hospital é de 130.098 kWh. Com a instalação das placas, as mesmas irão garantir a geração de 14.000 kWh por mês  – o que proporcionará uma economia de 10,76% na conta de luz, afirmou a companhia. 

Ademais, destacaram que a usina evitará ainda a emissão de 11,3 toneladas de CO², o equivalente ao plantio de 68 árvores. Haverá a troca também de 1.471 lâmpadas convencionais para a tecnologia LED. As obras foram iniciadas em julho e deverão estar concluídas até a primeira quinzena de setembro deste ano. O investimento para o projeto foi de aproximadamente R$ 550 mil.

Segundo a CPFL Paulista, foram utilizados 360 painéis de 325 W da Risen Energy. Foto: divulgação

“Para nós, a economia é muito significativa pela redução dos custos com energia elétrica e por contribuirmos com a sustentabilidade socioambiental. É um grande presente de aniversário para o hospital, que, no dia 12 de outubro, completará 108 anos”, explicou Marcos Miele, presidente do Hospital Maternidade de Campinas.

“A nossa missão é contribuir para a sustentabilidade financeira de instituições, como o Hospital Maternidade de Campinas. A redução da conta de eletricidade contribui positivamente para o enfrentamento de situações delicadas, como a que vivemos na atualidade”, disse Giulianno Bolognesi, analista de projetos da CPFL.

Para Rogério Manuel Duarte, primeiro vice-presidente do hospital e responsável pelo acompanhamento do projeto, diante da existência de um sombreamento muito grande na área na qual os módulos foram instalados, esse foi o maior dimensionamento possível, no momento, para o sistema.  “No entanto, já estamos analisando outras áreas nas quais seja possível a captação de energia para a ampliação desse benefício. Mas, ainda, se trata de um projeto mais para o futuro”, informou.

Sobre o projeto

O Hospital Maternidade de Campinas é uma das 15 instituições de saúde contempladas pelo Programa CPFL nos Hospitais, uma iniciativa que faz parte do Programa de Eficiência Energética da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), para ajudar as instituições públicas e filantrópicas a reduzirem suas contas de eletricidade. 

Mateus Badra

Mateus Badra

Trabalhou como produtor, repórter e apresentador na Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro há mais de um ano, atuando nas editorias de Mercado e Tendências, Mobilidade Urbana, P&D e Equipamentos. Jornalista graduado pela PUC-Campinas.

Comentar