21 de abril de 2021
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 3,29 GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 5,35 GW

Carrinho

Recarga de veículos elétricos dobra nos eletropostos da Copel

Companhia Paranaense de Energia registrou 600 abastecimentos em 2020, ante 330 em 2019

Autor: 23 de fevereiro de 2021Brasil
Recarga de veículos elétricos dobra nos eletropostos da Copel

O número de abastecimentos realizados nos eletropostos da Copel (Companhia Paranaense de Energia) teve um aumento expressivo em 2020.

Segundo levantamento da companhia, no primeiro ano de operação, em 2019, os eletropostos somaram 330 recargas. Já no ano passado foram 600 recargas, ou seja, um aumento de aproximadamente 80%. 

A maior parte delas está concentrada na estação de Curitiba, localizada no polo da Copel da BR-277, no Mossunguê, com 230 abastecimentos em 2019 e 370 em 2020.  

Com relação ao consumo, o aumento foi mais de seis vezes em comparação ao primeiro ano. Em 2019, a Copel registrou um consumo de 2.914 kWh de energia, enquanto em 2020 este número foi de 19 mil kWh. 

“Isso se deve ao fato de que o total de energia entregue individualmente cresceu, por conta da presença de veículos puramente elétricos com maior capacidade de bateria”, analisou o engenheiro eletricista da Copel Zeno Nadal, responsável pelo projeto da eletrovia. 

Ainda de acordo com a companhia, a média de recargas fica na faixa de 20 kWh, o que dá uma autonomia ao veículo de 200 km, a um custo estimado de R$ 17.

A Copel ressaltou ainda que o fator que impulsionou o uso dos eletropostos é a disponibilidade da recarga rápida (leva-se de meia a uma hora para carregar 80% da bateria do veículo). 

“Os carros com baterias de grande capacidade tiveram um aumento expressivo no mercado ao longo de 2020. Em um carregador doméstico, a recarga desses automóveis poderia durar de 12h até 24h”, comentou Nadal. 

Atualmente, o estado do Paraná conta com 512 VEs (veículos elétricos), segundo o Detran-PR. Em 2019, este número era de 362, o que mostra um aumento de 70% na frota, seguindo a média de aumento nacional. 

Futuro

A mobilidade elétrica segue crescendo no Brasil. As vendas de VEs atingiram um recorde em 2020. De acordo com a ABVE (Associação Brasileira do Veículo Elétrico), houve um aumento de 66,5% nos emplacamentos em relação a 2019.

O número saltou de 11.858 unidades em 2019 para 19.745 no ano passado. Só em dezembro de 2020 foram 1.949 veículos vendidos.

Tendo em vista este cenário, a Copel disse que está se preparando para o futuro. “A grande preocupação é com o impacto que a inserção massiva de veículos elétricos possa causar nas redes de distribuição, assim como a necessidade extra de energia. Pesquisas indicam que a maioria das recargas dos VEs é feita nas residências, durante o período noturno”, afirmou Julio Omori, superintendente de Smart Grid e Projetos Especiais da Copel.

“Isto também acontece com frotas de ônibus e caminhões urbanos (recarga nas garagens). Estas recargas, sob determinadas condições, poderiam causar uma sobrecarga em alimentadores em períodos que são normalmente de baixa demanda”, comentou. 

Em 2018, a empresa realizou uma chamada de P&D (pesquisa e desenvolvimento) dedicada ao assunto, a chamada 22/18 da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica).

“Desde então temos projetos de pesquisa para o desenvolvimento de sistemas de gestão para as recargas e proposição de novas modalidades tarifárias, que, em conjunto, vão contribuir para a normalização do consumo ao longo das madrugadas, otimizando o uso inteligente da energia”, ressaltou o superintendente.

Além deste P&D, a chamada resultou em outros, que estudam questões relacionadas ao armazenamento de energia em baterias que permitam compartilhamento entre residências e veículos elétricos, estudo de tarifação, implantação do “posto do futuro”, para multiplicação de estações de recarga, e a gestão de produção/consumo pelo lado da demanda.

Zeno Nadal, engenheiro da Copel, abastece veículo em eletroposto da BR-277

Veículos elétricos x tradicionais

Outro ponto destacado por Omori é que a diferença do valor do veículo elétrico está diminuindo em relação ao tradicional. “A quantidade de automóveis vendidos tem aumentado muito e o custo das baterias tem diminuído drasticamente. Vamos ver uma explosão da demanda nos próximos anos”.

Com isso, ele comentou que a integração de eletrovias entre os estados do Sul e países vizinhos já é uma realidade muito próxima. “Estamos estudando a colocação de um eletroposto nosso e a Celesc (Centrais Elétricas de Santa Catarina), dela, na região de Tijucas do Sul/Garuva. Assim, teremos uma estrutura que permitirá a integração praticamente até o Rio Grande do Sul”.

A CEEE (Companhia Estadual de Energia Elétrica) do Rio Grande do Sul também já aprovou um projeto de P&D e assinou um contrato de execução para instalar eletropostos no estado, interligando a BR-101 com o Uruguai. 

“Lá a rede já é bem robusta, e nós aqui estudamos instalações por meio de Itaipu para interligar nossa eletrovia até Assunção, no Paraguai. Falta muito pouco para termos praticamente todo o Mercosul interligado”, concluiu. 

Eletrovia da Copel

A eletrovia paranaense foi inaugurada no final de 2018, com a instalação de 12 postos de recarga ao longo de 730 quilômetros da rodovia BR-277, ligando o extremo leste ao extremo oeste do estado. 

O projeto é fruto de uma parceria entre a Copel e Itaipu Binacional. Ao total, foram investidos R$ 5,5 milhões, que promove recargas gratuitas a qualquer usuário.

Consumidores apostam em VEs

Você já dirigiu um veículo elétrico ou híbrido? Sabe quais são as vantagens em comparação com os movidos a combustão? 

O Canal Solar entrevistou pessoas que utilizam esta tecnologia limpa e que adotam serviços de aplicativo para alugar VEs. Clique aqui e confira como está sendo a experiência destes consumidores.

Volvo irá instalar 250 eletropostos no Brasil

A Volvo anunciou que irá se juntar a Enel X e a rede de estacionamentos Estapar no projeto Ecovaga, que é uma rede para carregamento de VEs (veículos elétricos) e híbridos.

“Estamos investindo na estrutura de carregadores para que possamos dar confiança, quebrar barreiras e possibilitar cada vez mais facilidade para proprietários de VEs, não só da Volvo, mas de qualquer outra marca”, disse Rafael Ugo, diretor de marketing Latam Hub para Volvo Car Brasil.

Volvo anuncia parceria com a Enel X e a rede de estacionamentos Estapar

Ao total, o programa contará com 250 estações de recarga semi-rápida – 80% da bateria em três horas – em 100 pontos de 23 cidades das regiões Sul, Sudeste e Nordeste e também no Distrito Federal.

Segundo projeções das empresas, os equipamentos devem ser instalados até março. O serviço de recarga será gratuito para clientes de empresas parceiras do projeto. Para usufruir da gratuidade, o usuário deverá se cadastrar no aplicativo Vaga Inteligente da Estapar.

Mateus Badra

Mateus Badra

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Experiência como produtor, repórter e apresentador em diferentes veículos de comunicação: mídia impressa, online e televisiva.

Comentar