Tecnologia de suporte para painéis fotovoltaicos é lançada no Brasil

O suporte conta com um sistema de aterramento facilitado que traz mais segurança na instalação
2 minuto(s) de leitura

O mercado de galpões industriais e comerciais no Brasil ganhou uma novidade: um fixador de painéis fotovoltaicos que dispensa a necessidade de furos e de alterações na estrutura do telhado.

Segundo a Solar Group, empresa responsável pelo fabricação do produto, o suporte conta com um sistema de aterramento facilitado que traz mais segurança na instalação, além de possuir um mecanismo de fixação sem trilhos, que o torna mais econômico. Como as telhas zipadas não permitem furos na estrutura, o fixador é preso somente na geometria na telha com parafuso e porca.  

“Como as obras de implantação de sistemas solares em galpões industriais e comerciais demandam uma grande quantidade de módulos fotovoltaicos, a velocidade da instalação é um diferencial no custo total do sistema. E, neste aspecto, o Suporte Zipado traz um ganho significativo no tempo de instalação”, explica Raphael Vaz, gestor de contas da Solar Group.

03 06 20 tecnologia de suporte para painéis fotovoltaicos é lançada no BrasilEstrutura de fixação da Solar Group dispensa a necessidade de furos. Crédito: Isofen

De acordo com Ronaldo Koloszuk, diretor comercial da Solar Group, os produtos foram adequados para a realidade dos telhados brasileiros, passando por um processo de tropicalização. “No caso do Suporte Zipado, foi feita uma pesquisa com os maiores fabricantes de telhas zipadas, a fim de encontrar um fixador que atendesse a maior gama de modelos de telhados deste tipo”, concluiu Koloszuk.

Até o momento, a empresa já comercializou quase 1 GW em estruturas de fixação de módulos fotovoltaicos no Brasil.

Imagem de Mateus Badra
Mateus Badra
Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal