2 de agosto de 2021

Carrinho

Como contratar uma empresa de energia solar

Você já deve ter ouvido falar que ter energia solar em casa é um bom negócio. Não estamos falando dos tradicionais sistemas de aquecimento de água, mas dos sistemas fotovoltaicos — que permitem produzir…

Autor: 13 de janeiro de 2021abril 6th, 2021Guia do Consumidor
Como contratar uma empresa de energia solar

Você já deve ter ouvido falar que ter energia solar em casa é um bom negócio. Não estamos falando dos tradicionais sistemas de aquecimento de água, mas dos sistemas fotovoltaicos — que permitem produzir energia elétrica a partir da luz solar.

Sistemas fotovoltaicos para a geração de eletricidade já são uma realidade no Brasil e proporcionam economia na conta de luz para milhares de consumidores residenciais, comerciais e rurais.

A instalação de um sistema fotovoltaico no telhado da sua residência ou da sua empresa é um processo rápido e relativamente simples, mas deve ser realizado com alguns cuidados e por profissionais qualificados.

Eu mesmo posso instalar o meu sistema solar?

A resposta normalmente é “não”. A instalação de um sistema de energia solar fotovoltaica requer um projeto de engenharia. Este projeto precisa ser submetido à concessionária de energia elétrica para aprovação, o que requer a responsabilidade de um engenheiro ou de um técnico da área de energia elétrica. Finalmente, depois de tudo aprovado, a instalação do sistema fotovoltaico no seu telhado precisa ser realizada por profissionais qualificados.

Então, a menos que você seja um engenheiro ou técnico, não recomendamos — e nem achamos que é possível — você instalar o seu próprio sistema de energia solar fotovoltaica.

Felizmente existem em todas as partes do Brasil empresas instaladoras ou integradoras de sistemas fotovoltaicos que são especializadas no fornecimento de sistemas de energia solar para a geração de eletricidade.

Como escolher a empresa de energia solar?

O primeiro passo para ter energia solar na sua casa ou na sua empresa é contratar uma empresa especializada em sistemas fotovoltaicos, que vai dimensionar o sistema fotovoltaico mais adequado para suas necessidades.

As empresas que fornecem sistemas fotovoltaicos residenciais são chamadas integradoras ou instaladoras

É recomendável procurar uma empresa na sua cidade ou região. O Canal Solar disponibiliza um Guia de Empresas que você pode consultar.

Diante de tantas opções, escolher um bom fornecedor para o seu sistema de energia solar muitas vezes não é uma tarefa fácil. Em todo o Brasil existem empresas pequenas, médias e grandes, com opções de prazos e preços que não costumam ser muito diferentes (mesmo assim, você deve pesquisar).

A principal diferença que você pode encontrar em relação às empresas fornecedoras de sistemas fotovoltaicos está relacionada à qualidade dos produtos e dos serviços ofertados. Antes de contratar uma empresa, siga estas orientações muito simples:

  • Procure empresas na sua cidade ou na sua região. Pesquise entre vizinhos e conhecidos que já possuem sistemas fotovoltaicos. Busque indicações de amigos e vizinhos. Verifique o nível de satisfação dessas pessoas com os sistemas fotovoltaicos que foram fornecidos.
  • Se não tiver indicações, solicite à empresa informações sobre outros sistemas que já foram instalados.
  • Se possível, peça para visitar algum sistema já fornecido pela empresa. Esta dica é especialmente importante dependendo do tamanho do investimento que você vai fazer.
  • Verifique se a empresa possui um responsável técnico registrado no CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia) ou no CFT (Conselho Federal dos Técnicos).
  • Questione se os funcionários da empresa receberam treinamentos em escolas especializadas em energia solar fotovoltaica.
  • Questione há quanto tempo esta empresa está no mercado e quantos sistemas fotovoltaicos já foram instalados por ela.
  • Questione se a empresa realiza o dimensionamento do sistema fotovoltaico com o auxílio de software. Alguns dos softwares mais conhecidos: PVSyst e Solergo.
  • Questione se a empresa realiza estudos de sombreamento e produção de energia antes de fazer a instalação.
  • Se a empresa se recusar a fornecer todas estas informações muito simples ou a responder suas dúvidas: desconfie!
  • Exija que a empresa realize para você o passo a passo para a definição do sistema fotovoltaico mostrado a seguir.

Passo a passo para a definição do sistema fotovoltaico

A empresa contratada deverá ter os seguintes cuidados para projetar o sistema fotovoltaico da sua residência:

  • Analisar a área disponível no telhado para a instalação das placas fotovoltaicas. 
  • Analisar o tipo de telhado (cerâmico, metálico, laje) para definir o melhor método de instalação das placas fotovoltaicas.
  • Avaliar o local disponível para a instalação do inversor e da stringbox, de forma a proporcionar boa ventilação para esses componentes.
  • Analisar as contas de eletricidade dos últimos 12 meses para calcular o consumo médio de eletricidade da sua residência.
  • Dimensionar o sistema fotovoltaico de acordo com o seu consumo médio mensal, permitindo a redução quase total ou parcial da sua fatura de energia elétrica. 

Depois de fazer a análise das suas necessidades e da área disponível para a instalação das placas solares, a empresa escolhida vai fazer uma proposta comercial para o fornecimento do sistema fotovoltaico.

Proposta comercial e contrato de fornecimento

Depois de aceitar a proposta você deverá firmar um contrato com a empresa para a instalação do sistema, com valores e prazos acordados, entre outros detalhes.

É necessário exigir que a empresa forneça na proposta comercial e no contrato de compra e venda os seguintes itens:

  • Informações claras, mostrando a quantidade de energia (estimada) que será produzida pelo sistema solar. É desejável que a empresa forneça junto com a proposta o relatório de dimensionamento realizado com o apoio de software, levando em conta as características especiais do seu telhado ou do seu terreno.
  • Lista de marcas, modelos e quantidades de cada componente do sistema fotovoltaico fornecido.
  • Informações sobre o prazo de instalação e o tempo de garantia dos equipamentos que serão fornecidos.
  • Informações claras de que a empresa se responsabiliza pela entrega do sistema em perfeito funcionamento, até a finalização do processo de homologação na concessionária de energia elétrica.
  • Compromisso de fornecimento dos desenhos técnicos e do memorial descritivo do sistema que você está adquirindo — isto será necessário para manutenções futuras.
  • Custo total de fornecimento e implantação do sistema solar. Quaisquer custos de instalação e readequação necessários para a implantação do sistema fotovoltaico devem estar incluídos na proposta (ou devem ser combinados entre cliente e empresa).
Avaliação do telhado para instalar energia solar

A avaliação do telhado é uma etapa importante na definição do sistema fotovoltaico.

Homologação do sistema fotovoltaico na concessionária

No serviço de instalação a empresa deve incluir o processo de homologação do sistema fotovoltaico na concessionária. 

Esse processo consiste na apresentação da documentação do sistema à concessionária de energia, que vai avaliar o projeto e conceder a aprovação. 

Após a aprovação, a concessionária de eletricidade vai providenciar a troca do medidor de energia da sua residência ou da sua empresa. Será instalado um medidor de energia bidirecional no seu poste de entrada.

O custo da troca do medidor é gratuito para residências. Para clientes com sistemas solares acima de 75 kW a troca do medidor será custeada pelo próprio consumidor. Além disso, em sistemas acima dessa potência pode ser necessária a instalação de dispositivos de segurança adicionais. A empresa responsável pela instalação do sistema fotovoltaico deve prever tudo isso e deve passar todos os custos para o cliente. Todos os custos de instalação e adequação devem ser incluídos ou previstos na proposta comercial e no contrato de fornecimento.

Após a vistoria e a troca do medidor você receberá a autorização para conectar o sistema fotovoltaico.

A empresa instaladora deve cuidar de todos esses passos, entregando para você o sistema fotovoltaico em funcionamento e já homologado na concessionária de eletricidade.

Canal Solar

Canal Solar

Redação do Canal Solar

Comentar

Guia do Consumidor

Como vai ficar minha conta de luz com a energia solar?

Logo após a instalação do sistema fotovoltaico você vai começar a economizar energia elétrica e já vai sentir a diferença na próxima conta de luz. Você vai gerar a maior parte da sua necessidade de energia e vai usar menos energia da rede elétrica. Além da redução da conta de luz, você poderá encontrar créditos de energia na sua próxima fatura. A energia solar gerada que não  for consumida vai ser registrada por um medidor eletrônico bidirecional, gerando créditos de energia. Os créditos de energia vão aparecer na próxima conta de luz e serão abatidos do total que você deve…
14 de janeiro de 2021
Guia do Consumidor

Quanto custa ter energia solar?

Um sistema de energia solar fotovoltaica custa menos do que você imagina. Em alguns casos, pode não custar nada, pois a aquisição pode ser financiada e as parcelas do financiamento se pagam com a economia de energia. Vamos entender isso. Se você está pensando em adquirir um sistema fotovoltaico para gerar energia elétrica, continue lendo este artigo até o final e você vai se surpreender.  Investimento x despesa Você está pensando em adquirir um sistema de energia solar fotovoltaica, mas acha que o investimento será muito grande?  Uma palavra é muito importante na pergunta acima: investimento. A pessoa que adquire…
13 de janeiro de 2021
Guia do Consumidor

O que é geração distribuída de energia elétrica?

O que é geração distribuída de energia elétrica? A geração distribuída é uma modalidade de geração de energia elétrica caracterizada pela proximidade dos geradores com os consumidores.  A geração distribuída é uma estratégia de geração descentralizada, que emprega geradores de pequeno porte e se contrapõe ao modelo tradicional de geração centralizada. O modelo centralizado de geração corresponde ao uso de grandes usinas (como hidrelétricas e termelétricas) distantes dos centros de consumo, o que requer o transporte da energia por linhas de transmissão de longa distância. Por outro lado, na geração distribuída existem pequenos geradores instalados próximo aos centros de consumo…
13 de janeiro de 2021
Guia do Consumidor

Como ter energia solar na minha casa

Como ter energia solar na minha casa Produzindo sua própria energia elétrica com um sistema fotovoltaico Você sabia que toda residência brasileira pode gerar sua própria energia elétrica?  Isso tornou-se possível com a publicação da Resolução Normativa No. 482 da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) em 2012. A RN 482/2012 autorizou todos os cidadãos brasileiros a produzir sua própria eletricidade.  Empresas (pessoas jurídicas) também podem gerar sua própria energia. Para produzir sua própria energia você precisa ter na sua casa um sistema fotovoltaico conectado à rede elétrica, conhecido como sistema grid-tie ou on-grid.  O sistema solar fotovoltaico grid-tie opera…
13 de janeiro de 2021