24 de maio de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 4.98GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 10,7W

Como ter energia solar na minha casa

Produzindo sua própria energia elétrica com um sistema fotovoltaico; entenda os custos e como funciona

Autor: 13 de janeiro de 2021janeiro 7th, 2022Guia do Consumidor
Como ter energia solar na minha casa

Para produzir sua própria energia você precisa ter na sua casa um sistema fotovoltaico conectado à rede elétrica

Você sabia que toda residência brasileira pode gerar sua própria energia elétrica?

Isso tornou-se possível com a publicação da Resolução Normativa No. 482 da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) em 2012.

A RN 482/2012 autorizou todos os cidadãos brasileiros a produzir sua própria eletricidade. Empresas (pessoas jurídicas) também podem gerar sua própria energia.

Para produzir sua própria energia você precisa ter na sua casa um sistema fotovoltaico conectado à rede elétrica, conhecido como sistema grid-tie ou on-grid.

O sistema solar fotovoltaico grid-tie opera em paralelo com a rede elétrica. Isso significa que a sua residência pode ser alimentada simultaneamente pela rede elétrica e pelo seu gerador próprio.

Quanto mais energia o seu sistema solar produz, menos energia você consome da rede elétrica, ganhando economia na conta de luz.

Quando não existe geração, principalmente no período noturno, sua residência continua sendo alimentada pela rede elétrica tradicional.

Ilustração de um sistema solar fotovoltaico residencial

Como funciona a energia solar fotovoltaica na prática

Para ter energia solar fotovoltaica é necessário instalar os seguintes equipamentos na sua residência:

Módulos fotovoltaicos: São placas geradoras de eletricidade que podem ser instaladas no telhado ou também no solo, em qualquer área disponível e preferencialmente livre de sombras.

Inversor eletrônico: É um equipamento que coleta a eletricidade de corrente contínua dos módulos e converte para corrente alternada. Além de fazer a conversão, o inversor injeta a energia elétrica na instalação elétrica da residência, permitindo que essa energia possa ser consumida internamente por todos os aparelhos que existem (incluindo chuveiros, televisores, geladeira e tudo o que estiver ligado na sua residência).

String-box: É uma caixa de conexões que recebe os terminais dos módulos fotovoltaicos e é depois ligada ao inversor. Em alguns sistemas fotovoltaicos essa caixa é opcional, pois os módulos fotovoltaicos são ligados diretamente ao inversor.

Medidor bidirecional: É um medidor de energia que vai ser instalado pela companhia de energia elétrica quando você solicitar o credenciamento do sistema fotovoltaico. Esse medidor registra a energia consumida na sua residência e também a energia gerada excedente, que você não utilizou e é exportada para a rede elétrica, gerando créditos de energia que você pode utilizar como abatimento na sua próxima conta de luz.

Principais componentes de um sistema solar conectado a rede elétrica

Como adquirir um sistema de energia solar fotovoltaica 

O primeiro passo para ter energia solar na sua casa é contratar uma empresa especializada, que vai dimensionar o sistema fotovoltaico mais adequado para suas necessidades.

As empresas que fornecem sistemas fotovoltaicos residenciais são chamadas de integradoras ou instaladoras. É recomendável procurar uma empresa que atue na sua cidade ou na sua região. O Canal Solar disponibiliza um Guia de Empresas que você pode consultar.

A empresa instaladora deve cuidar de todos esses passos, entregando para você o sistema fotovoltaico em funcionamento e já homologado na concessionária de eletricidade.

Quanto tempo demora para instalar um sistema de energia solar? 

Em uma residência típica o tempo de instalação é de poucos dias. É o tempo necessário para a colocação das placas fotovoltaicas e a instalação do cabeamento e dos equipamentos elétricos (inversor, string-box).

O prazo final para ter o seu sistema em funcionamento pode ser um pouco mais longo, pois depende do tempo de aprovação do sistema na concessionária.

Consulte a empresa instaladora para saber os prazos que estão sendo praticados pela sua concessionária local.

Como vai ficar a minha conta de luz com a energia solar? 

A fatura de eletricidade será reduzida automaticamente a partir do momento em que você instalar o sistema solar, pois você vai produzir internamente uma parte da energia que você consome, evitando comprar energia da concessionária.

Dependendo do tamanho do sistema fotovoltaico instalado, você poderá ter uma economia que pode chegar a aproximadamente 95% na conta de luz.

Mas você precisa ter em mente que o sistema fotovoltaico é dimensionado de acordo com seu consumo atual de energia (levando em conta a média dos últimos 12 meses). Se você instalar ou adquirir mais aparelhos, vai precisar ampliar o sistema solar.

Vantagens da energia solar fotovoltaica residencial 

Abaixo listamos algumas vantagens em ter um sistema fotovoltaico na sua residência:

  • Além de ser uma fonte limpa e renovável de energia elétrica, a energia solar fotovoltaica proporciona economia e rentabilidade para quem instala um sistema em sua residência.
  • Ao gerar sua própria energia você deixa de comprar energia da concessionária e passa a ter economia na conta de luz.
  • Adquirir um sistema fotovoltaico equivale a comprar hoje toda a energia elétrica que você vai consumir nos próximos 25 anos (que é o tempo médio de vida útil de um sistema fotovoltaico). 
  • A instalação de um sistema fotovoltaico oferece imunidade contra os aumentos da tarifa de energia elétrica, que costumam ocorrer sempre acima da inflação.
  • Os imóveis com energia solar fotovoltaica são mais valorizados, tanto para locação como para a venda.
  • A geração solar é limpa e silenciosa. A energia fotovoltaica não produz ruídos e não emite resíduos ou poluentes.
  • A instalação é rápida e segura, sem a necessidade de realização de obras ou adaptações complicadas em sua residência.

Quanto custa um sistema de energia solar para minha residência?

Um sistema de energia solar fotovoltaica custa menos do que você imagina. Em alguns casos, pode não custar nada, pois a aquisição pode ser financiada e as parcelas do financiamento se pagam com a economia de energia.

Se você está pensando em adquirir um sistema fotovoltaico para gerar energia elétrica, você vai se surpreender com a economia e o retorno do investimento que você vai ter.

Consulte o artigo “Quanto custa ter energia solar?” que o Canal Solar preparou para você.

Canal Solar

Canal Solar

Equipe de Engenharia do Canal Solar

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.