26 de fevereiro de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,8GW

IBRAP lança estruturas em alumínio Ecoground MAX e Tracker

Segundo a empresa, os produtos geram praticidade na instalação e possuem 20 anos de garantia

Autor: 31 de agosto de 2022Intersolar 2022
3 minutos de leitura
IBRAP lança estruturas em alumínio Ecoground MAX e Tracker

Tracker 100% em alumínio da IBRAP. Foto: Divulgação

A IBRAP exibiu na Intersolar South America 2022, realizada em São Paulo (SP), duas novidades para o mercado de energia solar: as estruturas em alumínio Ecoground MAX e o Tracker – rastreador solar.

De acordo com o engenheiro Fernando Bettiol Elias, especialista em novos negócios da IBRAP, a Ecoground MAX foi um desenvolvimento pensado em um modelo de estrutura compacta, que visa o maior preenchimento com painéis solares por área, utilizando modelos de maior potência .

“Então, a gente optou por uma estrutura bem leve, um tamanho reduzido, pensando em todas as características de ventos do Brasil. No caso, ventos da região 1 até 5, que chegam até 180 km/h”, destacou.

Ecoground MAX. Foto: Divulgação

Ecoground MAX. Foto: Divulgação

Ainda segundo ele, o produto, que tem uma durabilidade elevada, é 100% em alumínio e, o que não possui tal especificidade, são os fixadores que são de aço inoxidável. “Assim, conseguimos uma garantia elevada de 20 anos, para ambos os equipamentos”.

Referente ao Tracker, Bettiol ressaltou que o produto pode ainda utilizar pilares de aço galvanizado nos modelos padrão de mercado. “Foi um desenvolvimento baseado em algumas melhorias, trazendo os diferenciais que o alumínio extrudado proporciona em relação ao aço”.

“Portanto, nós temos ali encaixes para suportes que facilitam a instalação. Prevemos um ganho bem considerável na velocidade de instalação, temos vários pontos de regulagem, regulagem angular, de altura, suportes que vão estar sendo fixados os módulos diretamente neles”, exemplificou.

Além disso, enfatizou que possuem sensores que proporcionam um monitoramento do eixo a fim de evitar problemas de torção. “Constantemente, fazendo esse monitoramento, para qualquer anomalia será gerado um alarme”.

O Tracker pode também utilizar pilares de aço galvanizado. Foto: Divulgação

O Tracker pode também utilizar pilares de aço galvanizado. Foto: Divulgação

Aplicações dos produtos

“Os produtos são destinados às aplicações de solo fixa ou com rastreamento do sol, ambos pensados em soluções que buscam instalações ágeis e com garantias contra ações do tempo, utilizando o alumínio extrudado como principal matéria-prima”, afirmou Bettiol.

Na visão dele, cada projeto de aplicação das estruturas, seja com o modelo fixo ou com o tracker, precisa ser particularmente avaliado quanto aos rendimentos de geração de energia. “Mas, o que posso dizer é que com um seguidor solar teremos sempre um rendimento maior na geração de energia”.

“Dependendo da latitude que tiver instalado no país, pode-se chegar até 25 – 26%, e isso vai se traduzir num ganho de geração considerável, ao se comparar as estruturas. Assim, cada um tem suas particularidades, porém temos os dois produtos que estão atendendo o que o mercado está precisando”, concluiu.

Mateus Badra

Mateus Badra

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020. Atualmente, é Analista de Comunicação Sênior do Canal Solar e possui experiência na cobertura de eventos internacionais.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.