27 de maio de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5.02GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 10,7W

Investimento em profissionalização para o mercado fotovoltaico

Ecori Energia Solar terá programa próprio de certificação de profissionais

Autor: 20 de abril de 2022Opinião
Investimento em profissionalização para o mercado fotovoltaico

A certificação será uma vantagem competitiva importante para quem atua no setor

Não é novidade que o mercado de energia solar fotovoltaica cresce a passos largos. E esse crescimento vem atraindo cada vez mais profissionais interessados em atuar com a venda e a instalação de sistemas residenciais, comerciais, industriais, etc. 

O setor gera milhares de empregos todos os anos e contribui diretamente para fomentar a economia local, com um alto grau de capilarização por todas as regiões do país. 

Essa expansão acelerada traz consigo um grande desafio: a capacitação adequada de profissionais que atuam com energia solar fotovoltaica.

Por isso, temos consciência de que desempenhamos um papel relevante para que o mercado como um todo se torne mais profissional – e decidimos aumentar nosso investimento nessa área. 

Estamos lançando a certificação profissional Ecori, com a chancela do Instituto Totum, que aplica a prova. A certificação será uma vantagem competitiva importante para quem atua no setor, para o integrador que faz a ponta com o consumidor final. Será uma forma importante de demonstrar o grau de profissionalização e poderá ser usado em propostas e materiais de divulgação. 

E vamos dar também um benefício direto para revendedores certificados para estimular ainda mais essa profissionalização, com frete grátis nos pedidos. Isso pode significar aproximadamente entre 3% e 7% (às vezes até mais) de redução do custo no valor total, dependendo da região onde a empresa está. 

Outro ponto importante é que os profissionais que tiverem a dupla certificação, ou seja, a certificação profissional Ecori e a certificação Responsável de Empresa de Projeto e Instalação de Painéis Fotovoltaicos, do Instituto Totum, terão mais 1% de redução no valor do pedido.

Leia mais artigos deste autor

Visão global do mercado solar fotovoltaico e seus propósitos

Por que mais profissionalização é saudável para o mercado fotovoltaico?

Parcerias estratégicas impulsionam ganho de mercado

Além disso, estamos retomando nossos treinamentos, tanto os presenciais, no nosso Centro de Treinamento em Barueri, na Grande São Paulo, quanto por meio da plataforma Ecori Plus, que lançamos agora. 

É o nosso investimento direto para termos profissionais mais capacitados do ponto de vista técnico e comercial no mercado, aumentando a credibilidade, a qualidade e a segurança tanto para integradores quanto para clientes finais.

Nos últimos meses, temos acompanhado com cautela o aumento do número de incêndios em sistemas fotovoltaicos, que são uma consequência direta de instalações erradas. Isso também ocorreu em outros países, conforme a adoção da energia solar se acelerou. 

A certificação profissional minimiza esses problemas e aumenta a segurança. E segurança é um valor inegociável tanto para nós quanto para os fabricantes dos equipamentos que vendemos, como a APsystems, SolarEdge e a Huawei.

De olho nas novidades frequentes, a certificação profissional precisará ser renovada anualmente. Assim também garantimos a reciclagem constante de conhecimentos e a atualização sobre características técnicas e de instalação para o que há de mais moderno e disruptivo no mercado. 

Temos a certeza de que este é o caminho para garantirmos um futuro ainda melhor e mais promissor para todo o setor de energia solar fotovoltaica.

condições especiais maio
Leandro Martins

Leandro Martins

Presidente da Ecori Energia Solar, com larga experiência, referência em energia solar fotovoltaica. Responsável pela popularização da tecnologia MLPE no Brasil, trazendo inicialmente a marca APsystems, e mais tarde, a SolarEdge para o país. Atua no mercado internacional desde 1996 em diversos segmentos e é formado em Comércio Exterior pela UNIBERO-SP.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.